Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia nega boato de ‘enfermeiro com HIV’ que contaminava pessoas no Centro de Manaus

A imagem do homem era, na verdade, um retrato falado de um suspeito procurado pela Polícia Civil por cometer estupro contra adolescente de 16 anos no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital 27/03/2014 às 23:05
Show 1
retrato falado
MANAUS HOJE Manaus (AM)

Uma mensagem transmitida pelo “WhatsApp” para várias pessoas na manhã de quinta-feira (27) causou temor em Manaus. Nela, havia a informação de que um homem vestido de enfermeiro abordava transeuntes pelas ruas do Centro para aplicar testes de glicemia e, ao furar a agulha, contaminava a vítima com o vírus HIV.

Na mensagem, havia a imagem do retrato falado de um homem que é procurado pela polícia por cometer um estupro na cidade. A imagem foi divulgada na última quarta-feira (26) pela assessoria de imprensa da Polícia Civil e, segundo o órgão, a existência do “enfermeiro com HIV” não passou de um boato.

De acordo a assessoria da PC, nenhum caso desse tipo do “enfermeiro com HIV” foi registrado nas delegacias de Manaus. A imagem do retrato falado se refere, na verdade, ao homem procurado por estuprar uma adolescente de 16 anos na rua 1 do conjunto Renato Souza Pinto 1, Cidade Nova, Zona Norte, no último dia 20 de março.