Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia orienta população para evitar assaltos durante festas de fim de ano

Para quem vai sair com a família nesta época do ano, atenção às orientações da Polícia Militar sobre residências vazias 30/12/2012 às 10:52
Show 1
Policiais do Ronda no Bairro poderão ser avisados para ficarem atentos às casas que ficarão fechadas nesta época do ano
CAROLINA SILVA ---

As festas de fim de ano e as férias escolares chegaram e com elas as esperadas viagens. Quem pretende passar alguns dias viajando e deixar a residência sozinha nesta época do ano não pode descuidar da segurança do local para evitar prejuízos e dores de cabeça. Medidas simples podem ajudar a proteger a residência contra invasões e assaltos enquanto a família estiver fora, afirma o coronel Amadeu Soares, secretário-executivo do programa Ronda no Bairro.

Ainda em casa, de malas prontas, é importante que a família tenha cuidado para que a empolgação natural dos dias de descanso não deixe alguns detalhes passarem despercebidos. De acordo com Soares, portões, portas e janelas devem ficar trancados e não se deve esquecer de checar esses itens novamente antes de sair.

Se a família escolher reforçar as entradas para a casa com trincos, trancas e cadeados internos, deve-se evitar colocar cadeados do lado externo do portão, pois isso é um sinal de que não há ninguém. Outra orientação do coronel Amadeu Soares, é para que a família peça para que algum familiar ir ao local diariamente.

“Para quem não mora em condomínio, a orientação é deixar um parente responsável para ir à casa, deixar as luzes acesas durante a noite e apagá-las na manhã seguinte. Residências sem iluminação indicam que não tem ninguém lá. Também pode recomendar que policiais do Ronda no Bairro façam o patrulhamento na rua da residência”, disse o coronel.

Entretanto, caso a família tenha instalado dispositivos de segurança como alarmes, sensores de presença, dentre outros, é preciso ter cuidado para não esquecer de ligar os sistemas antes de sair. “ Neste caso, a recomendação é para que a empresa responsável pela vigilância seja comunicada para ativar e desativar o sistema”, completou Soares.

Outra orientação para quem vai viajar é cancelar a assinatura de jornais e revistas, ou outros periódicos, enquanto estiver fora. Uma medida alternativa de segurança é pedir a um vizinho ou alguém de confiança que recolha as correspondências neste período. Deixar cartas e outras entregas acumularem no pátio ou na caixa de correios da residência chama a atenção de criminosos, pois indica que não há ninguém no local.