Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende pai acusado de estuprar filho de 11 anos em Manaus

O crime ocorreu ontem no bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus. O acusado foi preso em flagrante e levado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro 24/06/2012 às 20:42
Show 1
Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA)
Ana Carolina Barbosa Manaus

Policiais da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) prenderam em flagrante, na madrugada deste domingo, 24/06, um homem, cuja identidade foi preservada, por prática de estupro a vulnerável. A vítima foi o próprio filho, de apenas 11 anos, segundo relato da mãe da criança, informou a assessoria da Polícia Civil do Amazonas. O crime ocorreu no Lírio do Vale 1, Zona Oeste de Manaus.

Segundo informou a mãe em depoimento à polícia, a vítima e o irmão gêmeo são deixados, costumeiramente, com o pai aos fins de semana, um chapeiro de 31 anos, o qual é usuário de drogas e de quem ela é separada. Ontem, especificamente, ele estava consumindo bebida alcoólica desde às 16h, de acordo com ela.

Por motivos que não foram revelados, a mãe deixou, sábado, apenas um dos filhos com o pai e quando chegou para pegá-lo, à noite, flagrou o pai tirando a roupa e “pulando na cama com o garoto”. Assustada, ela começou a gritar e tentar arrombar a porta.

O acusado abriu e, exaltado, perguntou se ela estava louca, momento em que ela revelou que viu a atitude do ex-marido e recorreu a uma vizinha para chamar a polícia. Na ocasião, o menino disse que o pai tinha acariciado suas partes intimas e que havia feito sexo oral nele.

De acordo com a assessoria, ao chegar na Depca, o delegado encaminhou uma equipe ao local e, com o auxílio da Polícia Militar (PM), prendeu o acusado em flagrante, encaminhando-o até a sede da especializada, localizada no Conjunto Vista Bela, Planalto, Zona Centro-Oeste.

Embora o pai tenha negado o crime em depoimento, o filho relatou que, aos oito anos de idade, o chapeiro praticou sexo anal com ele e o irmão gêmeo. O acusado foi encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da cidade, na tarde deste domingo.