Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende quadrilha especializada em roubo e clonagem de placas de veículos

Grupo possuia lista de 'clientes', onde nela constava a foto de Luciana Pereira da Silva, acusada de matar um homem a tiros e gravar vídeo. Polícia ainda investiga suposta participação de funcionários do Detran no esquema 12/08/2014 às 17:27
Show 1
Quadrilha foi desarticulada após blitz constatar irregularidades em veículo
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Uma quadrilha especializada em roubo de veículos, adulteração dos acessórios e falsificação de documentos foi presa no último domingo (10) e apresentada na tarde desta terça-feira (12). Segundo a polícia, o bando atua há dois anos e conta com uma extensa lista de ‘clientes’, entre eles Luciana Pereira da Silva, acusada de latrocínio contra um empresário e ter executado um homem a tiros em um ramal.

O grupo é composto por Anderson Marcos Pinheiro, 28; Mayk Sena Lima, 32; Ronalt Souza Fernandes, 19; Ronaldo da Silva e Silva, 24; Jerson Rodrigues dos Santos, 30; e um adolescente. A polícia desarticulou o esquema por meio de uma blitz realizada no bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus.

Na ocasião, um dos suspeitos, Mayk, dirigia um carro de modelo Palio, cor cinza e placas OAD-1957. De acordo com a polícia, no momento da abordagem os agentes desconfiaram da procedência do veículo apesar do mesmo aparentar estar regularizado. O carro foi encaminhado à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) para perícia técnica e Mayk foi orientado a voltar no dia seguinte.

Nesta segunda-feira (11), a análise confirmou que o veículo se tratava de um carro roubado com placas clonadas. Através da constatação, a polícia chegou a outros três integrantes do grupo, Ronalt, Jerson e um adolescente, que possuíam um laboratório de clonagem na rua Visconde de Tocantins, Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus.

No local, foram apreendidos um veículo Corsa Classic e uma motocicleta Broz de cor vermelha, além de uma infinidade de materiais como documentos de CNH em branco, RGs falsificados, placas falsas de táxis, motos e carros, carimbo de marca d’água, além de 182 fotos de supostos clientes, entre eles estelionatários e homicidas, como Luciana Pereira da Silva, suposta integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Luciana (centro) é apontada como uma das clientes do grupo (Foto: Márcio Silva)

No momento da abordagem, outros dois suspeitos - Ronaldo e Anderson – chegaram ao local e foram presos também com veículo irregular. Ao todo foram apreendidos sete carros e duas motocicletas. O delegado titular da DRCO, Mário Júnior, acredita que o esquema possa envolver um número maior de pessoas.

“Os documentos usados pela quadrilha e os carros que rodavam pela cidade tinham características de um veículo comum e podiam passar livremente por qualquer blitz. Acreditamos que o número de envolvidos possa ser maior porque o grupo já atua há dois anos”.

A polícia deve investigar, ainda, a suspeita de participação de funcionários do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran) no esquema, tendo em vista que os documentos encontrados com a quadrilha possuem características verdadeiras.

Os cinco homens foram atuados pelos crimes de associação criminosa, receptação, adulteração e uso de documentos falsos. O grupo será levado nesta quarta-feira (12) à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. O adolescente foi encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

*Com informações do repórter Jhonny Lima