Publicidade
Manaus
Manaus

Polícia prende quadrilha suspeita de roubar carro na Zona Sul de Manaus

O bando foi localizado em frente a uma casa de show, na bairro de Flores, Zona Centro Sul e levados para o 12º DIP, após ser constatado que o veículo que eles conduziam estava com placa adulterada. Um adolescente foi apreendido 14/07/2012 às 10:57
Show 1
A polícia prendeu quatro homens e apreendeu um adolescente
acritica.com Manaus (AM)

Policiais Civis prenderam na manhã desta sexta-feira (13), homens suspeitos de integrarem a quadrilha que roubo um veículo de passeio, modelo Siena, de placas NOO 7475. Conforme a polícia, o veículo foi roubado da frente de uma agencia bancária, na última quarta-feira (11), na Avenida Tarumã, bairro Praça 14, Zona Sul de Manaus. Um adolescente envolvido foi apreendido.

A polícia prendeu Victor Oliveira de Souza, 21, Renato Marques de Oliveira, 21, Alberlândio da Silva Leite, 21, Fabiano de Oliveira Furtado de Freitas, 23, e apreendeu o adolescente.  Eles foram localizados em frente a uma casa de show, na Avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, Zona Centro Sul e levados para o 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), após os policiais constatarem que o veículo que eles conduziam estava com a placa adulterada.

Segundo o delegado Eduardo Paixão, o Siena pertence a um bancário abordado por volta das 21h, do último dia 11, por três homens que levaram o carro, carteira e vários cartões de crédito do bancário. A vítima foi até o 12º DIP e reconheceu Alberlândio da Silva, como um dos envolvidos no roubo. Em depoimento, os suspeitos relataram que teriam alugado o veículo no bairro Japiim, de um homem identificado apenas como Márcio.

Alberlândio da Silva foi autuado por roubo e juntamente com os comparsas Victor Oliveira, Renato Marques,  Fabiano de Oliveira,  vai responder também pelos crimes de receptação de veículo roubado, formação de quadrilha, adulteração de placa veicular e foram encaminhados a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro. O adolescente apreendido foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).