Publicidade
Manaus
Manaus

Policiais denunciam estratégia de traficantes em usar crianças para atrapalhar investigações e prisões

Denúncia ocorre após policiais civis entrarem em beco do bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, para deter três suspeitos por tráfico de drogas - dois irmãos e uma mulher, em investigações distintas - e se depararem com várias crianças "fazendo arruaça" para atrapalhar ação 20/01/2016 às 10:43
Show 1
O trio foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Traficantes do beco Ajuricaba do bairro Educandos, na Zona Sul de Manaus, estão instruindo crianças pequenas a ficarem no beco "fazendo escândalo" para atrapalhar o serviço de policiais civis, que entram no local com o objetivo de efetuar prisão de algum suspeito de tráfico de drogas.

Na tarde da última terça-feira (19), dois irmãos identificados como Mateus Batista de Souza, de 19 anos, e Nayson Batista de Souza, de 21, foram presos em flagrante por tráfico de drogas no beco. Quando a Polícia entra no local, várias crianças aparecem e começam a fazer baderna para atrapalhar a ação da Polícia Civil.

"Quando vamos lá, todos os traficantes estão no beco. Mas quando nós aparecemos eles fogem e, em menos de 10 segundos, as crianças aparecem fazendo escândalo e os moradores filmando, para dizer que nós estamos sendo truculentos. As crianças são praticamente usadas como escudo humano", explicou o delegado George Gomes, titular do 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Além dos irmãos, foi presa também uma mulher identificada como Laís Pantoja de Oliveira, 28. De acordo com o delegado George Gomes, a prisão de Laís ocorreu na sua casa, na rua Amazonas, mesmo bairro. Com ela, a polícia encontrou 74 trouxinhas de cocaína e algumas porções de maconha. O trio ja vinha sendo investigado há um mês, segundo informou Gomes.

Com os irmãos foram encontrados 90 porções de maconha e três tabletes de maconha skunk, avaliados em R$ 1,2 mil cada. O trio foi autuado por tráfico de drogas e encaminhado a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.