Publicidade
Manaus
Manaus

Policiais Militares do Amazonas presos por extorsão podem ser expulsos

De acordo com o delegado do 5º Dip, o trio foi flagranteado por extorsão mediante seqüestro. O tenente coronel Euler disse que se as denuncias foram confirmadas, os PMS serão expulsos  18/04/2012 às 11:51
Show 1
As vítimas, com os rostos escondidos, foram acompanhadas por policiais da corregedoria até a delegacia
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

O Tenente Coronel da Polícia Militar Euler Ribeiro informou na manhã desta quarta-feira (18) que o soldado Moisés Arão Ferrulha, o também soldado Paulo Henrique da Silva e o sargento Quintino Duarte, presos por extorsão a família de um ex-detendo na noite desta terça (17), na Zona Oeste de Manaus, podem ser explusos da Corporação.

Segundo o tenente, a corporação está tomando todas as providências administrativas para apurar a denúncia e a conduta dos policiais. “Caso sejam confirmadas as denúncias, eles serão expulsos da corporação, pois isso é um ato muito grave”, ressaltou o tenente coronel.

De acordo com o delegado do 5º distrito Integrado de Polícia (DIP), Luiz Carrasco, que realizou o flagrante dos policiais, os depoimentos dos mesmos ainda não serão divulgados, para não atrapalhar as investigações.

Seis pessoas estão envolvidas neste caso, três policiais já foram presos e três ainda estão foragidos.

“A polícia está investigando para confirmar se os três foragidos são realmente policiais”, revelou Carrasco.

O soldado Moisés Arão Ferrulha tem 14 anos de corporação, o soldado Paulo Henrique da Silva tem dez anos de corporação e o sargento Quintino Duarte está há 20 anos na Polícia Militar.