Publicidade
Manaus
Manaus

Polo Industrial de Manaus registra baixo faturamento em maio

Com R$ 27,37 bilhões, o crescimento foi 1,97%. Eletrônicos tiveram melhor expressão produtiva 13/07/2012 às 09:04
Show 1
Televisores com tela LCD tiveram aumento de 32,79% na produção
acritica.com Manaus (AM)

Nos cinco primeiros meses de 2012, o Polo Industrial de Manaus (PIM) faturou R$ 27,37 bilhões, o que representa um crescimento de 1,97% em relação ao mesmo período de 2011 (R$ 26,83 bilhões).  Os dados fazem parte dos indicadores econômicos de maio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), divulgados ontem. Em dólar, o faturamento do polo, no mesmo intervalo, alcançou US$ 14.97 bilhões, o que indica uma queda de 8,64%. A diferença entre os resultados pode ser explicada pela variação cambial – em maio de 2011, o dólar estava cotado em R$ 1,61 e, em maio deste ano, registrou cotação de R$ 1,98, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, o que representa uma variação cambial de 22,98%.

As exportações totalizaram até maio US$ 320,7 milhões, resultado 2,25% superior ao alcançado no mesmo período de 2011, quando o PIM registrou vendas ao mercado externo no montante de US$ 313,6 milhões.

Dentre os segmentos de maior porte do PIM, apenas os setores eletroeletrônico (incluindo bens de informática) e químico apresentaram crescimento no período de janeiro a maio.

Empregos

Amão-de-obra do PIM segue em situação difícil, influenciada, sobretudo, pelos obstáculos pontuais em setores como duas rodas e mecânico. Maio deste ano foram registrados 115.843 trabalhadores empregados, enquanto que em maio de 2011 esse número era de 116.987 trabalhadores.

O Polo Industrial de Manaus (PIM) registrou, no intervalo de janeiro a maio deste ano, média mensal de 117.903 trabalhadores, entre efetivos, temporários e terceirizados. O resultado, quando comparado à média mensal de empregos registrada no mesmo período de 2011 (114.133), apresenta variação positiva de 3,3%. Foi a primeira vez desde dezembro de 2009 que o PIM apresentou queda na análise de um mesmo mês em anos consecutivos.

Produtos

Com mais de 4,6 milhões de unidades fabricadas entre janeiro e maio deste ano, os televisores com tela de cristal líquido (LCD) tiveram aumento de 32,79% na produção. Já as motocicletas apresentaram no período recuo de 9,40% na produção (833 mil unidades em 2012 contra 919,5 mil unidades até maio de 2011).