Publicidade
Manaus
Manaus

População da zona Norte de Manaus cresceu 195% em 14 anos

Segundo informações do IBGE, em 1996, a Zona Norte, que hoje representa 27,8% dos habitantes da capital, figurava como a quarta zona na lista das mais populosas, passando para o primeiro lugar em 2010 30/09/2012 às 19:54
Show 1
A Cidade Nova é o bairro mais populoso de Manaus atualmente
Ana Carolina Barbosa Manaus

Classificada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) como a área mais populosa de Manaus, a Zona Norte registrou um crescimento populacional de 195,9% em 14 anos (1996/2010), passando de 169.323 habitantes para 501.055. O crescimento foi superior 140,2 pontos percentuais ao da capital, que passou de 1.157.357 para 1.802.357 habitantes no mesmo período, um aumento equivalente a 55,7%.

Segundo informações do IBGE, em 1996, a Zona Norte, que hoje representa 27,8% dos habitantes da capital, figurava como a quarta zona na lista das mais populosas, passando para o primeiro lugar em 2010, conforme o último censo do instituto.

Assim como a população de Manaus apresentou significativo crescimento, as das seis zonas da capital também cresceram. Depois da Zona Norte, a Zona Leste – segunda mais populosa da capital - foi a que teve o maior crescimento populacional no período: 85,1%, seguida da Zona Centro-Sul (46,9%), Oeste (26,9%), Centro-Oeste (10,2%) e Sul (4,1%).

Outra curiosidade da tabela com a série histórica fornecida pelo IBGE é a redução da população em 16 bairros de Manaus – 12 deles na Zona Sul - de um total de 63, restando 47 com aumento populacional.

Bairro mais populoso

Segundo o dado mais recente divulgado pelo IBGE, o bairro mais populoso de Manaus é o Cidade Nova, na Zona Norte, com 121 mil habitantes. O bairro já chegou a ter 286,2 mil pessoas, em 2007. Já o segundo com maior população é o Jorge Teixeira, na Zona Leste, com 112 mil habitantes, seguido do Novo Aleixo, na Zona Norte, criado em 2010, e que já abriga 96 mil pessoas.

O bairro com a menor população em Manaus é o Vila Buriti, com 1.827 habitantes, seguido do Distrito Industrial I, com 2.708 pessoas. Ambos estão localizados na Zona Sul da cidade.