Publicidade
Manaus
Manaus

Por conta da cheia, Eletrobras retira transformadores de áreas alagadas no interior do AM

Além da “Costa” de Iranduba, a Eletrobras Amazonas Energia também realizou as visitas técnicas nos municípios de Benjamin Constant e Careiro da Várzea, onde houve a necessidade de se levantar os grupos geradores por meio de marombas por conta da subida das águas. Até o momento, a empresa não registrou racionamento de energia elétrica em função da cheia dos rios no Estado 10/05/2012 às 12:19
Show 1
No local existem cerca de 11 comunidades que abrigam aproximadamente 750 famílias
acritica.com Manaus

Uma inspeção da Eletrobras Amazonas Energia removeu nessa quarta-feira (9), cerca de 15 transformadores de energia de áreas alagadas na costa do município de Iranduba (a 26 quilômetros de Manaus).

A iniciativa também culminou na retirada de alguns contadores instalados na casa de ribeirinhos. O objetivo foi resguardar os ribeirinhos quanto a acidentes envolvendo curtos-circuitos.

“Em alguns domicílios percebemos que a situação está bem perigosa com a fiação passando na altura do rosto dos adultos e, em alguns pontos, acessível também até para as crianças. Isso intensifica o perigo de choques que podem até levar à morte por causa das condições precárias que a cheia ocasiona a essas famílias”, salientou o diretor de Geração e Operação para o Interior da Eletrobras Amazonas Energia, Radyr Gomes.

No local existem cerca de 11 comunidades que abrigam aproximadamente 750 famílias. Com a cheia do rio Solimões que já ultrapassa a metade da altura das casas, aproximando as águas das ligações elétricas, os moradores têm enfrentado grandes dificuldades para se manter no local.  

As equipes da Eletrobras inspecionaram desde a rede elétrica de média tensão (13.8 kV), até transformadores, medidores e instalações internas das residências, que, na maioria dos casos, ofereciam sérios riscos aos moradores, principalmente, às crianças.

 “Os equipamentos serão religados assim que houver as condições mínimas de segurança para as pessoas e do funcionamento dos aparelhos. É importante ressaltar que só foram desligadas as residências que, eventualmente, estão sendo abandonadas pelos moradores que migram diariamente para a terra firme”, informou Gomes.

Além da “Costa” de Iranduba, a Eletrobras Amazonas Energia também realizou as visitas técnicas nos municípios de Benjamin Constant e Careiro da Várzea, onde houve a necessidade de se levantar os grupos geradores por meio de marombas por conta da subida das águas. Até o momento, a empresa não registrou racionamento de energia elétrica em função da cheia dos rios no Estado.