Publicidade
Manaus
ELEIÇÕES

Pré-candidata à Presidência, Manuela D’Ávila diz que quer vencer Lula nas urnas

Durante seminário na Ufam, a deputada estadual pelo PCdoB de RS concedeu entrevista a jornalistas e falou de política, Zona Franca e BR-319 20/04/2018 às 11:52 - Atualizado em 20/04/2018 às 11:59
Show 14
Foto: Winnetou Almeida
Amanda Guimarães Manaus (AM)

A pré-candidata à Presidência da República e deputada estadual Manuela D'Ávila (PCdoB-RS), desembarcou nesta sexta-feira (20) em Manaus para uma série de compromissos na capital. A presidenciável participou pela manhã do seminário “Desafio para uma Amazônia Sustentável”, na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), campus Manaus.

Durante coletiva de imprensa concedida a veículos de comunicação locais, Manuela se mostrou a favor do modelo da Zona Franca, falou da importância da reconstrução da rodovia federal BR-319 e comentou sobre a prisão do ex-presidente Lula, que considera “política”. D'Ávila disse ainda que quer vencer Lula nas urnas.

“Eu era líder na nossa bancada quanto à renovação da Zona Franca de Manaus. Nós compreendemos, o PCdoB desde sempre, e historicamente, que a Zona Franca tem um papel importantíssimo, não só no Estado, mas para o Brasil inteiro, porque a região é estratégica para o desenvolvimento do Brasil. Essa política industrial tem contribuído para que a região se mantenha preservada, não é a toa, que é a região com menor índice de desmatamento da região amazônica”, comentou.

Sobre a BR-319, a presidenciável destacou a importância do investimento na infraestrutura. “Nós compreendemos que existe a necessidade de reforços a infraestrutura da BR-319. É inadmissível que a região possa se integrar com os Estados Unidos e o Canadá, e não se integre as regiões Centro-Oeste e Sul do país. Precisamos tirar os empecilhos que entravam a reconstrução da BR-319, considerando-a estratégica para o desenvolvimento da região e do Brasil”, explicou Manuela.

Prisão de Lula

Questionada se pode receber apoio do Partido dos Trabalhadores (PT), já que o então candidato da legenda, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, se encontra preso, D’Ávila disse que pode responder apenas pelo PCdoB. Ela também comentou que considera “política” a prisão do ex-presidente Lula.

“Eu só faço o debate pelo meu partido, que é o PcdoB. Temos a nossa candidatura colocada desde novembro. Um dos nossos compromissos é a defesa, não apenas do PT lançar um candidato, mas esse candidato ser o Lula. Consideramos que a prisão dele é política. Quem tem que escolher o próximo presidente da República é o povo. Eu particularmente, quero vencer o presidente Lula nas urnas”, completou.

Fique ligado

Seguindo a agenda em Manaus, a pré-candidata participa ainda nesta sexta (20) de um evento em defesa da democracia na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam). Pela tarde, a presidenciável participa de uma entrevista ao vivo na página do Portal A Crítica no Facebook. Perguntas para a pré-candidata poderão ser enviadas durante a transmissão da live. Confira.

Histórico

Manuela foi deputada federal pelo Rio Grande do Sul entre 2007 a 2015 e líder do PCdoB na Câmara dos Deputados em 2013. Atualmente, ela exerce o mandato de deputada estadual por Rio Grande do Sul. Natural de Porto Alegre, a presidenciável começou carreira política no movimento estudantil e depois ingressou na política partidária. Foi a vereadora mais jovem da história de Porto Alegre eleita em 2004. Atualmente, ela tem 36 anos.

Publicidade
Publicidade