Publicidade
Manaus
Cotidiano, Flanelinhas, estacionamento irregular, Semsa

Prédio público é transformado em estacionamento irregular, na Zona Centro-Sul de Manaus

Lugar destinado à assitência farmacêutica vem sendo utilizado por flanelinhas, que cobram R$ 3, a quem deixa o carro no local   28/04/2012 às 10:23
Show 1
Ainda sem ocupação por parte da Prefeitura, lugar se transformou em estacionamento irregular
Carolina Silva Manaus

Há três meses entregue para a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) pela construtora responsável, uma unidade do Programa Farmácia Gratuita, da Prefeitura de Manaus, permanece fechada e está funcionando como fonte de renda para flanelinhas que estão se aproveitando do estacionamento do local.

A unidade de assistência farmacêutica está localizada na avenida Ephigênio Salles, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus.

De acordo com uma recepcionista, que preferiu não se identificar, e que trabalha em frente à unidade, desde que a obra foi concluída não viu nenhum tipo de “movimentação” no local que indicasse que poderia ser inaugurado oficialmente.

Ela também conta que os guardadores de carro chegam a usar o estacionamento da Farmácia Gratuita como se fosse propriedade particular.

“Eles chegam a cobrar até R$ 3 para quem estaciona ali”, comentou a recepcionista.

O empresário Marcos Braga, 56, também relatou que certa vez precisou ir à uma loja, próxima da unidade de assistência farmacêutica, e usou o estacionamento do local por menos de 20 minutos.

Um flanelinha queria que ele pagasse pelo uso do estacionamento.

“Quando entrei no carro, ele já abriu a mão indicando que eu teria que pagar por ter estacionado ali”, disse o empresário.

O promotor de vendas Edilson Silva, 32, também relatou que clientes da loja onde trabalha já comentaram sobre esse proveito dos flanelinhas.

“Os clientes também criticam o abuso desses guardadores de carro, que só são cometidos porque a unidade está parada”, contou.

Providências
Segundo a Semsa, a obra da Farmácia Gratuita foi entregue à secretaria pela construtora responsável no final de janeiro deste ano, quando foi iniciado o processo para equipar e mobiliar a unidade, dotá-la de ligação de água, luz, telefone, ar-condicionado, rede de Internet, sistema interno de segurança eletrônica (que já está em funcionamento), entre outras providências.

A previsão de inauguração da unidade de assistência farmacêutica, de acordo com a Semsa, é para a primeira quinzena do mês de maio deste ano. Nas Farmácias Gratuitas, a Prefeitura de Manaus disponibiliza 84 itens de medicamentos, gratuitamente.

O número de atendimentos previstos pela Semsa mensalmente na unidade do Programa Farmácia Gratuita situada na avenida Ephigênio Salles é de 50 mil. O horário de funcionamento será das 8h às 17h.