Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeito de Manaus dá mostras de que será candidato à reeleição

Amazonino Mendes aproveitou a abertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Manaus (CMM) para prometer que construirá creches, colocará em prática o projeto que vai liberar o acesso gratuito à internet este ano. Ele também lembrou que realizou melhorias nas áreas de saúde e infraestrutura 06/02/2012 às 16:42
Show 1
Amazonino Mendes aproveitou a oportunidade para alfinetar adversários políticos e informar que ele e o governador Omar Aziz estão se "ajudando"
Ana Carolina e Fabíola Pascarelli Manaus

Na abertura dos trabalhos no Legislativo Municipal, na manhã desta segunda-feira (06/02), o prefeito Amazonino Mendes (PTB), cuja candidatura à reeleição continua “indefinida”, deu mostras, mais uma vez, de que será candidato nas eleições de 2012, alfinetando seus possíveis concorrentes, senador Eduardo Braga (PMDB) - a quem chamou de picareta -, e o ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB), pré-candidato anunciado, que hoje publicou em sua página na rede social Facebook as diferenças numéricas entre sua gestão e a do recém-petebista.

Amazonino também deixou explícito que muitas de suas promessas de campanha serão cumpridas em 2012, ano eleitoral. Entre elas, está a construção das famosas cem creches, prometidas em 2008, durante a campanha eleitoral, e que, segundo o prefeito, devem ser construídas, “todas”, até o final de seu mandato, ou seja, até 31 de dezembro deste ano. Até o momento, nenhuma foi construída, mas, segundo o chefe do executivo municipal, cinco já foram licitadas.

Durante a leitura da Mensagem Governamental, ele fez um balanço de sua gestão e destacou os pontos positivos, tais como as melhorias na área de saúde. Uma das conquistas lembradas pelo prefeito foi a construção e/ou ampliação de 26 “casonas” de saúde, antes conhecidas como casinhas, e que serão cerca de 150 até o final do ano; a prorrogação da previsão de inauguração do viaduto do São José (Zona Leste), que deveria ocorrem em fevereiro e, por conta do Carnaval,  foi adiada para março; o aumento na arrecadação do município sem acréscimos aos valores do impostos, entre outros.

Creches e IPTU

Durante o período eleitoral, em 2008, Amazonino prometeu construir cem creches em Manaus, mas até hoje nenhuma foi construída. O prefeito garantiu que, após a conclusão das primeiras cinco creches - não foram dados prazos para as execuções das obras – outras 26 serão licitadas e assim sucessivamente.

A despeito do aumento gradativo que deve ocorrer a partir deste ano na taxa do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), ele corroborou, mais uma vez, que tratou-se apenas de uma atualização dos valores, os quais estavam defasados em várias áreas de Manaus.

Água e carretas digitais

Ele também falou na Câmara Municipal de Manaus (CMM) sobre a polêmica envolvendo o abastecimento de água na capital e disse que solicitou à Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) um estudo, que está em fase final de execução e, a partir dele, o gestor saberá quais medidas adotará para resolver o problema. Hoje, a distribuição fica a cargo da concessionária Águas do Amazonas, a qual não consegue atender a demanda da cidade e não vem cumprindo o contrato celebrado coma  prefeitura há dez anos, conforme já informou a Agência Reguladora de Serviços Concedidos do Estado do Amazonas (Arsam), políticos e o próprio prefeito.

Contudo, Amazonino adiantou que será necessário um investimento na ordem de R$ 2 bilhões no sistema, nos próximos anos, para regularizar o abastecimento.

Sobre as Carretas Digitais, outra promessa de campanha do prefeito, ele destacou que o projeto também sairá do papel este ano. Além das carretas espalhadas pela cidade, outros 200 pontos com internet liberada serão implantados em parceria com lan houses, possibilitando o acesso dos jovens ao serviço.