Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitos definem em fórum carta para a Rio + 20

A carta, neste momento, contém seis itens que tratam da implementação de uma política global, com reflexos locais de desenvolvimento sustentando uma política sustentável, ambiental, social e economicamente viável para os municípios brasileiros 16/05/2012 às 18:21
Show 1
Reunião com prefeitos aconteceu na tarde de hoje em Brasília
acritica.com Manaus

O presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), primeiro secretário da CMM e prefeito de Manaquiri (AM), Jair Souto, comandou, na tarde desta quarta-feira (16), do Fórum que discutiu o fechamento das propostas para a Carta dos Municípios Brasileiros para o Rio +20. Também estiveram presentes, além dos prefeitos, técnicos municipais.

A carta, neste momento, contém seis itens que tratam da implementação de uma política global, com reflexos locais de desenvolvimento sustentando uma política sustentável, ambiental, social e economicamente viável para os municípios brasileiros. Como exemplo, podemos citar a os esforços já empreendidos pelos municípios na construção de planos municipais de saneamento; no licenciamento ambiental das atividades de impacto local e na estratégia de enfrentamento a mudanças climáticas.

Na opinião do gerente de projeto do Sistema Nacional de Meio Ambiente (Sisnama), Eduardo Werneck, a iniciativa do Fórum é genial. Para ele essa reunião aborda o meio ambiente, pois as pessoas precisam perceber que saneamento básico e abastecimento de água também são questões ambientais e estão ligadas a qualidade de vida. “Precisamos discutir o modelo de desenvolvimento e a questão ambiental está no centro desse modelo”, ressalta.

“Esse é um trabalho contínuo que pode contemplar a necessidade dos municípios do Brasil”, acrescenta Jair Souto. A Carta será aprovada em assembleia nesta quinta-feira (17).  Os prefeitos ainda podem enviar propostas para serem incluídas na carta para as uma plataforma cedida pelo Organização das Nações Unidas (ONU).