Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura adia fechamento da Ponte São Jorge na Zona Oeste de Manaus

Durante a obra, a rua Artur Bernardes e a ponte recém-inaugurada ficarão em mão dupla 27/01/2014 às 12:19
Show 1
Assim que a sinalização for implantada, a ponte será fechada para o início das obras
acritica.com* Manaus, AM

A chuva que ocorreu nesse fim de semana impediu a implantação da sinalização horizontal que vai indicar o desvio de veículos durante o fechamento da Ponte São Jorge, que passará por obra de reestruturação. As indicações do tráfego serão implantadas pelo Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Assim que a sinalização for implantada, a ponte será fechada para o início das obras.  “A sinalização vai garantir a circulação segura do condutor que trafega na Avenida Constantino Nery, na rua Artur Bernardes e na Avenida São Jorge, vias do entorno da obra, utilizadas nos desvios”, explicou o diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins.

O Manaustrans vai implantar faixas de canalização e de divisão de fluxo para indicar o tráfego. A previsão é de que as obras, que serão executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), durem 90 dias. Agentes de trânsito também estarão no local para reforçar a orientação do trânsito.

Itinerários

Durante a obra, a rua Artur Bernardes e a ponte recém-inaugurada ficarão em mão dupla. Os veículos terão acesso à Avenida São Jorge por meio de uma passagem no canteiro central, temporariamente aberto.

Os ônibus do transporte coletivo que trafegam na avenida Constantino Nery em direção ao bairro de São Jorge, farão a conversão à esquerda, na esquina da rua Pará, para acessar a rua Artur Bernardes.

Quem trafega pela rua João Valério em direção ao bairro de São Jorge, deverá dobrar à esquerda na Constantino Nery e, depois, acessar a rua Artur Bernardes, à direita, e seguir em frente.

Para chegar ao bairro de São Jorge e evitar o trecho em obras, o condutor pode utilizar a rua Teomário Pinto ou as avenidas Pedro Teixeira e Brasil.


*Com informações da assessoria de imprensa