Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura de Manaus é avaliada por consultores externos

A equipe privada da consultoria INDG vêm à cidade para analisar capacidade da prefeitura e propor um plano de gestão público-privado 04/01/2013 às 07:46
Show 1
Depois da posse, no dia 1º, prefeito Artur Neto faz a primeira reunião oficial com o secretariado para conhecer planos
kleiton renzo ---

Na quarta-feira (09), chegará a Manaus uma equipe da empresa privada de consultoria Instituto de Desenvolvimento Gerencial (INDG), do consultor Vicente Falconi, para analisar a estrutura financeira e administrativa da prefeitura. A intenção da administração municipal ao contratar o instituto é ter um plano de gestão nos modelos das Parcerias Público-Privadas (PPP), com objetivo de aumentar em R$ 300 milhões o poder de investimento da prefeitura.

A informação é do prefeito Artur Neto (PSDB), que na manhã de ontem reuniu com os secretários para determinar orientações de redução de custos na máquina administrativa. “Chega aqui na quarta o grupo Gerdau & Falconi e vamos adotar o modelo de gestão deles para aumentar expressivamente a capacidade de investimento da prefeitura. No total do ano, nós pretendemos ampliar em

R$ 200 milhões essa capacidade. Mas o Dr. Ulísses Tapajós (secretário municipal de Finanças), disse que podemos chegar a R$ 300 milhões”, explicou.

De acordo com Tapajós, a prefeitura não terá gastos com o modelo de gestão que será proposto pela Gerdau & Falconi, já que envolve o interesse privado em investir na cidade. “Essa consultoria ela não é bancada com recursos da prefeitura, mas com recursos da iniciativa privada que tem interesse em ter uma cidade com bons cenários de investimento”, disse.

O secretário de Finanças informou que a consultoria já trabalhou em cidades do Rio de Janeiro, do Recife, de Minas Gerais, “e outras várias cidades brasileiras. A única coisa que posso lhe adiantar é que o desejo do prefeito é termos um modelo gestor baseado na eficiência”, disse.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).