Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura fiscaliza poluição sonora no Centro de Manaus

Ao todo, 38 estabelecimentos foram visitados, sendo 12 autuados por equipamento exposto. 10/01/2013 às 22:18
Show 1
Foram multados os casos em que o volume do som estivesse acima de 55 decibéis
acritica.com Manaus (AM)

Caixas de som recolhidas ou viradas para dentro das lojas. Essa é a recomendação da Prefeitura de Manaus para os lojistas e vendedores ambulantes do Centro da cidade. Na manhã desta quinta-feira, 10, a secretária de Meio Ambiente e Sustentabilidade Kátia Schweickardt acompanhou a ação de fiscalização contra a poluição sonora na região. Ao todo, 38 estabelecimentos foram visitados, sendo 12 autuados por equipamento exposto.

“A princípio, não estaremos multando ninguém, salvo os casos em que o volume do som estiver muito acima do permitido, que é de 55 decibéis. Foi constatado, nesse início de gestão, que as denúncias contra a poluição sonora lideraram as ligações do nosso disque denúncia (Vinha Verde 08000 92 2000)”, informou a secretária.

Dez fiscais acompanharam a ação equipados com o decibelímetro, aparelho que mede a pressão sonora, nas ruas Marechal Deorodo, 7 de Setembro, Eduardo Ribeiro, Quintino Bocaiúva e Marcílio Dias. Durante o plano emergencial da Prefeitura de Manaus, que abrange todo período carnavalesco, quando aumentam as denúncias de poluição sonora, as fiscalizações da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) serão intensificadas.

Para o secretário extraordinário de Requalificação do Centro, Rafael Assayag que, ao final da fiscalização encontrou com a secretária de Meio Ambiente, essa parceria com as demais secretarias municipais é fundamental para o resgate do Centro Histórico de Manaus. “Temos que criar uma cultura de respeito mútuo e essa cultura passa pelo som, pelo lixo e pela relação com a população como um todo”, analisou.

A julgar pela lojista Jaqueline Miranda, a estratégia da Prefeitura está sendo bem vista pela sociedade. “Cada um tem sua maneira de fazer a divulgação do seu negócio, mas precisa obedecer a lei e respeitar o direito do próximo”, finalizou. No próximo sábado, 12, a Semmas realiza outra ação no Centro da cidade com o diagnóstico em árvores e arborização das ruas Getúlio Vargas, Luis Antony, Ramos Ferreira e Praça do Relógio.


*Com informações de assessoria