Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura notifica três estabelecimentos durante fiscalização ocorrida na madrugada

As blitze começaram às 21h45 e terminaram às 3h deste sábado, No Rêmulo’s Show Club, a força-tarefa encontrou os condicionadores de ar e as luzes da boate funcionando normalmente 02/02/2013 às 10:29
Show 1
Remulo's Club foi lacrado novamente pelos fiscais após denúncia de que havia sido aberto para funcionamento na noite de terça-feira (29)
acritica.com Manaus

A Prefeitura de Manaus dará prosseguimento à fiscalização nas casas noturnas de todas as zonas da cidade. Na noite desta sexta-feira (1º), uma força-tarefa composta por técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), Departamento de Vigilância Sanitária (DVisa) e Corpo de Bombeiros percorreu parte da cidade para checar o funcionamento deste locais.

As blitze começaram às 21h45 e terminaram às 3h deste sábado, No Rêmulo’s Show Club, a força-tarefa encontrou os condicionadores de ar e as luzes da boate funcionando normalmente. Os proprietários foram obrigados a desligar todos os equipamentos e questionados sobre a sinalização em caso de emergência. Entretanto, apenas papéis impressos nas paredes indicavam procedimentos a serem adotados em caso de qualquer desordem.

Mais uma vez a casa acabou sendo notificada e interditada para regularizar a situação e continuará fechada. Em seguida os técnicos foram até as zonas Leste e Norte.

O Natureza Show Club foi apenas notificado para regularizar a situação burocrática, enquanto que o Star Strip estava funcionando sem  qualquer impedimento mesmo já tendo sido lacrado. Os proprietários foram notificados e tiveram a boate fechada novamente.

Na Avenida do Turismo, zona Oeste, os alvos da fiscalização foram as casas Copacabana Chopperia, Recanto dos Amigos, Pegadas Sertaneja e Bora-Bora. Todos os estabelecimentos estão apenas com trâmites burocráticos pendentes e ganharam prazos para que adquiram as documentações necessárias.

De acordo com o gerente da Guarda Municipal, Moisés Santos, a ordem da Prefeitura de Manaus é continuar com as blitze noturnas. “A intenção era fiscalizar os locais para ter conhecimento se os proprietários já estavam se adequando a todas as exigências. Continuaremos com a força-tarefa em todas as zona da cidade até que todos estejam dentro da lei. Estamos com uma lista de estabelecimentos e todos os locais que já foram visitados anteriormente também receberão nova vistoria”, disse Moisés.

Determinação

Na sexta-feira, o prefeito Arthur Virgílio Neto decidiu liberar para funcionamento todas as casas que foram interditadas durante a operação de fiscalização por problemas burocráticos junto aos órgãos municipais. Todas as outras que foram interditas por risco à vida permanecem fechadas. Das 66 casas interditadas, 27 estão autorizadas a funcionar. Outras 39 permanecerão fechadas.

“Vamos fazer isso de forma mais sensível, visando mais a segurança e menos os problemas burocráticos”, afirmou Arthur. “Pudemos perceber que há interesse dos empresários em se ajustar”, disse o prefeito.

TACs

Em cumprimento à determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) deu início neste sábado, 02, ao trabalho de análise de processos e formulação das minutas dos Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) das casas noturnas que tiveram o funcionamento liberado na noite da sexta-feira, mediante o compromisso de se regularizarem junto aos órgãos municipais nos quais possuem pendências, até o dia 08 de fevereiro.

Uma força-tarefa foi montada pela secretária Kátia Schweickardt. O grupo formado por cinco técnicos do Departamento de Licenciamento da Semmas está analisando os processos e estabelecendo as condicionantes para a formalização dos termos de ajustamento.

Com informações da assessoria.