Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeitura prorroga inscrições para o "Bolsa Universidade"

O encerramento, que estava previsto para o dia 13, foi estendido para o dia 18 de janeiro 07/01/2013 às 17:01
Show 1
Pessoas que comprovarem ter baixa renda podem se inscrever no Programa que concede vagas em instituições de ensino superior da rede particular
acritica.com ---

As inscrições para o processo seletivo do Programa Bolsa Universidade foram prorrogadas pela Prefeitura de Manaus.


Desde o dia 26 de dezembro, quando o processo iniciou, pelo menos 22 mil estudantes já fizeram a inscrição, segundo informações da diretora-presidente da Fundação Escola de Serviço Público Municipal (FESPM), Luíza Bessa Rebelo.

O programa está sendo coordenado pela Fundação Municipal de Inclusão Socioeducacional (FMdS), hoje vinculada à FESPM. De acordo com o diretor da FMdS, Daniel Rocha Filho, a expectativa é de que pelo menos 60 mil estudantes concorram a mais de 28 mil vagas oferecidas em 13 Instituições de Ensino Superior (IES) de Manaus. "A data foi estendida para garantir o acesso de todos que necessitam das bolsas. Tivemos feriado prolongado no final do ano e avaliamos que era preciso dar um tempo maior para esse processo”, ressaltou.

As vagas são para 69 cursos nas áreas de humanas, exatas e de saúde, em faculdades particulares de Manaus.

O "Bolsa Universidade" contempla com bolsas integrais ou parciais, estudantes de renda mensal de até quatro salários mínimos.

Os estudantes que possuem renda mensal familiar de até dois salários mínimos podem concorrer às bolsas integrais. Já os que possuem renda mensal familiar de três e quatro salários mínimos concorrem a bolsas parciais de 75% e 50%, respectivamente.

As inscrições são feitas pela internet, no portal da Prefeitura (www.manaus.am.gov.br ). A Prefeitura firmou parceria com a Associação Amazonense de Centros de Inclusão Digital (AACID), que disponibilizou 50 lan houses, onde bolsistas do programa auxiliam nas inscrições, caso necessário.

O programa já teve mais de 230 mil candidatos inscritos, desde que começou a ser utilizado em 2009 e já teve pelo menos 39 mil beneficiados, de acordo com a Prefeitura