Publicidade
Manaus
Manaus

Prefeituráveis de Manaus serão definidos no dia 30

Oito partidos deixam para realizar as convenções no último dia permitido pela legislação eleitoral 09/06/2012 às 10:29
Show 1
Convenção que definiu a candidatura a prefeito do então vice-governador Omar Aziz, em 2008, ocorreu no último dia de junho
LUCIO PINHEIRO ---

Oito dos 14 partidos de onde estão cotados os nomes que vão disputar a Prefeitura de Manaus vão empurrar a definição das candidaturas para o último dia permitido pela legislação eleitoral: 30 de junho. A partir deste domingo, os partidos políticos podem realizar convenções para definir coligações e escolher seus candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições de 2012. Pela Lei das Eleições (nº 9.504/1997), as convenções partidárias devem ocorrer no período de 10 a 30 de junho. PMDB, PSDB, PT, PDT confirmaram suas reuniões finais para o dia 30. PR, PCB, PSOL e PSTU ainda não decidiram, mas apontam o dia 30 como a data mais provável.

O certo é que ninguém vai encerrar os possíveis acordos antes do dia 15. O PMDB, do senador Eduardo Braga, ainda tenta um nome de convergência entre os aliados. A tarefa está difícil e o próprio ex-governador se considera no páreo. No PSDB, a candidatura do ex-senador Artur Neto ganha força. A candidatura do tucano deve ser oficializada até o dia 20, apensar de marcar a convenção para o dia 30. No PT, segundo o deputado estadual Sinésio Campos, as definições vão partir da executiva nacional. O parlamentar afirmou que a convenção da sigla está marcada para o dia 30, mas, no dia 24, as candidaturas serão anunciadas.

Pelo PDT, o prefeito Amazonino Mendes turbina suas ações na prefeitura, mas afirma que está fora da disputa pela reeleição. Porém, membros da sigla, como Dermilson Chagas, tentam convencer o prefeito a lançar candidatura. “Estamos conversando e mostrando a importância dele para a cidade de Manaus. E isso está avançando. Estamos torcendo para que dê certo”, contou Dermilson, que é secretário estadual do PDT. PCB, PSOL e PSTU avançam para formar uma frente de esquerda e lançar apenas um candidato. Mas, segundo o presidente do PCB, Luiz Navarro, as negociações ainda não fecharam, e a convenção das siglas só deve acontecer no dia 30. Navarro, por ter a conta da campanha de 2010 reprovada, pode ficar de fora da disputa.

Cinco siglas já marcaram convenção

Os partidos com as datas das convenções mais adiantas são DEM e o PPS. Ambos prometem sacramentar as candidaturas a prefeito de Pauderney Avelino e Hissa Abrahão, respectivamente, no próximo dia 16. No dia 20, será confirmada mais uma candidatura a prefeito: a do engenheiro Jerônimo Maranhão, pelo PMN. E, no dia 23, a convenção do PSB oficializará o nome do ex-prefeito Serafim Corrêa na disputa, aumentando para quatro o número de candidatos. O PCdoB também marcou para o dia 23 a data de sua convenção. A sigla tem como principal nome à disposição dos partidos aliados a senadora Vanessa Grazziotin. O PP, da deputada federal Rebecca Garcia, ainda vai decidir se realiza convenção no dia 23 ou 24. A parlamentar é cotada para ser a candidata a prefeita do governador Omar Aziz (PSD).