Publicidade
Manaus
Manaus

Preparados para a volta às aulas

Conheça crianças que não veem a hora de voltar para escolar para rever amigos e conhecer novos colegas 05/02/2012 às 14:13
Show 1
A criançada fica animada com o primeiro dia de aula
Felipe de Paula Manaus

Fevereiro começando e com ele o início do ano letivo. A maioria das crianças passa metade do ano ansiando as férias, mas nessa época a saudade dos amigos, professores e até mesmo das aulas teóricas já é tamanha que eles não veem a hora de voltar pra escola.

É o caso dos filhos da advogada Karla Brasil Luzzi. Se dependesse de Carolina, 7, e Victor, 4, as aulas no colégio deles começariam hoje. “Eles não veem a hora de encontrar os amigos e fazer aula de música, que eles adoram”, diz a mãe-coruja, que faz questão de encadernar cada um dos livros escolares dos filhos.

Para Karla, a empolgação para o início das aulas é natural e representa o interesse pelo ambiente escolar: o filho mais novo, Victor, é o mais empolgado, já que neste ano vai dar os primeiros passos no mundo da leitura. “O sonho dele é ler. Ele fica abrindo livros com história que ele já conhece só pra fingir que já sabe ler”, revela.

Karla conta ainda que as crianças fizeram questão de acompanhá-la na hora das compras do material escolar. “Eles querem escolher tudo. Vão em todas as lojas primeiro e depois voltam já sabendo exatamente o que eles querem”, conta - rindo - a advogada.

Aulas floridas

A pequena Maria Sara Navarro, de 9 anos, também estava contando os dias para o início das aulas. É que a mocinha mudou de escola e não via a hora de conhecer seus novos colegas.

Perguntada se não vai sentir saudade da antiga escola, ela não hesita.

“Eu estou feliz porque já conheço algumas pessoas lá (nova escola) e sei que posso voltar a ver os colegas”, afirma a menina que quer ser médica e diz adorar flores. “Uma das coisas que eu gostei da nova escola, além da piscina, é que as salas têm uma janela com vista para o jardim”, conta ela.

Mas se você acha que essa moça inteligente prefere as flores do que as aulas, ela é bem enfática ao afirmar: “essa escola é melhor porque tem mais tarefas”, afirma Maria Sara.

Sua mãe, a professora Selma Navarro, diz que tirou a filha do ensino público para colocar numa escola particular. “Sou funcionária pública e luta pela qualidade do ensino, mas como está deixando muito a desejar, tive de colocá-la numa escola melhor”.

Primeira aula

Para a psicóloga Lívia Montenegro, é um dos dias mais importantes da vida das crianças. “O primeiro dia de aula é o verdadeiro corte do cordão umbilical da criança”, diz a especialista.

A engenheira Hozanira Luzzi e a filha, Alice, sabem bem o que é isso. Alice teve o primeiro dia de aula esta semana e a mãe pareceu ficar tão nervosa quanto a filha.

“Realmente é difícil me separar dela. Mas eu sei que é tão bom pra ela quanto pra mim”, diz a mãe, que sabe da importância da escola pra socialização e início da preparação para uma vida independente. “É uma pequena amostra grátis de como é ver os filhos crescerem e tomarem seu caminho”, brinca a mãe.