Publicidade
Manaus
Manaus

Presidente da CMM confirma CPI da Água em Manaus

Na manhã desta quarta-feira (14), o presidente da CMM, vereador Isaac Tayah (PSD), anunciou a criação da Comissão 15/03/2012 às 08:09
Show 1
A falta de um abastecimento efetivo de água na cidade voltou a ser tema dos discursos dos parlamentares do Estado e agora resulta em CPI
JOELMA MUNIZ Manaus

Após duas semanas sendo protelado na Câmara Municipal de Manaus (CMM), o pedido de instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) recebeu parecer favorável da Mesa Diretora da Casa.

Na manhã desta quarta-feira (14), o presidente da CMM, vereador Isaac Tayah (PSD), anunciou a criação da Comissão. O parlamentar que esteve reunido com as lideranças partidárias da Câmara ressaltou, entretanto que as atividades da Comissão Especial da Água, que vem acompanhando os desdobramentos sobre o abastecimento de água na cidade será mantido.

O presidente também prometeu anunciar na próxima quarta-feira (21), os nomes dos integrantes da CPI.

Saiba Mais

Proposta pelo vereador Waldemir José (PT), a Comissão Parlamentar de Inquérito obteve o apoio de 13 vereadores; Waldemir José (PT), Ademar Bandeira (PT), Lúcia Antony (PCdoB), Elias Emanuel (PSB), Mário Frota (PSDB), Socorro Sampaio (PP), Cida Gurgel (PRP), Vilma Queiroz (PTC), Reizo Castelo Branco (PTB), Joaquim Lucena (PSB), Marcel Alexandre (PMDB), Paulo De'Carli (PSDB) e Massami Miki (PSL).

No início de sua tramitação o pedido de CPI foi recebido com relutância por parte dos vereadores da base aliada do Executivo Municipal, só ganhado força após a sinalização favorável do prefeito Amazonino Mendes (PTB), que nota afirmou estar convencido que a Comissão Parlamentar de Inquérito seria a melhor opção para resolver os impasses relativos a prestação do serviço feito pela concessionária Águas do Amazonas.

Na ocasião, Amazonino ressaltou que não somente apóia, mas como “exige a sua criação”.