Publicidade
Manaus
Manaus

Preso após troca de tiros, foragido da justiça é recapturado na Zona Centro-Oeste de Manaus

Géssimos foi preso após uma troca de tiros que aconteceu na Rua Cruzeiro da Silva, bairro Redenção, onde duas quadrilhas rivais 'se enfrentaram' no meio da comunidade 05/07/2012 às 08:39
Show 1
Géssimos Pintos Meneses, era foragido da Justiça e durante o tiroteio foi atingido com um tiro na mão
acritica.com Manaus

A Polícia Civil do Amazonas apresenta na manhã desta quinta-feira (5) no 10º Distrito Integrado de Polícia (DIP), bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, o foragido da Justiça Géssimos Pinto Menezes, 24. Géssimos estava foragido do regime do semi-aberto desde o mês de maio, quando recebeu o benefício de passar sete dias com a família no dia das mães e não retornou mais ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), onde cumpria pena de sete anos por assalto a mão armada.

O foragido foi preso nesta quarta (4) após uma troca de tiros que aconteceu na Rua Cruzeiro da Silva, bairro Redenção, Zona Centro-Oeste.

De acordo com testemunhas, duas quadrilhas rivais de assaltantes, que atuam no bairro, começaram a trocar tiros em meio à comunidade. Géssimos, um dos supostos atiradores, foi preso em flagrante após ser alvejado com um disparo na mão esquerda.  Outra pessoa foi atingida, mas fugiu da polícia.

Segundo o sargento da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), Rildo Pacheco, no final da manhã a polícia foi informada do tiroteio.

“Deslocamos quatro viaturas e quatro motos. O local era de difícil acesso por conta disso não conseguimos chegar a tempo de prender mais suspeitos”, informou o PM.

Segundo a polícia, com o suspeito não foi apreendida nenhuma arma.

Conforme o policial, Géssimos, ao ser preso, foi conduzido ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, Zona Centro-Sul, para receber atendimento médico, por conta do tiro que levou na mão. Depois ele foi encaminhado ao 10° DIP, onde foi contatado que era foragido do regime semi-aberto.

Testemunhas informaram que ele estaria com um assaltante que também é traficante e conhecido como Eliézio, este, segundo denúncias é acusado de vários crimes, inclusive homicídios.

“Parece que os rivais queriam matar esse tal de Eliézio, porque ele teria assassinado há pouco tempo um membro do outro grupo.