Publicidade
Manaus
VOTAÇÃO

Problemas voltam a se repetir no segundo dia de votação para reitoria da Ufam

Eleições foram estendidas até esta quinta (23) após decisão da Comissão de Consulta à Comunidade Comunitária (CCCU). Falta de listas e atraso se repetiram hoje 23/03/2017 às 12:26 - Atualizado em 23/03/2017 às 12:47
Show vota ao
Votação começou com atraso nesta quinta-feira (23) (Foto: Jander Robson)
Isabelle Valois Manaus (AM)

Problema com listagens de eleitores trocadas e atraso de quase 1h para dar início ao processo eleitoral voltaram a se repetir nesta quinta-feira (23), no segundo dia de votação para novo reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Na Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), as células de votação só chegaram às 11h30, mais de 2 horas de atraso desde o início da votação. Devido a isso, muitos alunos acabaram desistindo das filas e foram embora. 

As eleições deveriam ter encerrado ontem, mas foram estendidas até esta quinta-feira (23) após uma decisão tomada por membros da Comissão de Consulta à Comunidade Universitária (CCCU). O prolongamento se deu após uma série de problemas ocorridos no dia de ontem. Entre eles, atrasos do início da votação, problemas com as urnas eletrônicas, listagem trocadas e incompletas, entre outros.

Até as 11h desta quinta-feira (23), as demais filas nas principais zonas eleitorais do campus eram extensas. Em algumas zonas o processo eleitoral deverá encerrar às 21h. Por enquanto a CCCU não se pronunciou sobre os novos problemas ocorridos no início do pleito de hoje.

Neste segundo dia, a votação ocorre de forma manual (em cédulas). Na Faculdade de Educação (Faced) uma das zonas eleitoreiras que passou por vários problemas ontem, novamente deu início ao pleito em atraso. O universitário do curso de pedagogia Rilson Carvalho, 30, passou mais de 1h na fila na esperança de conseguir votar. “Mais uma vez irei tentar computar meu voto. Ontem perdi toda a minha manhã nesta fila e quando chegou a minha vez, meu nome não se encontrava na lista. Isso é uma eleição séria, precisava ser organizar por um grupo de fora da instituição. Talvez não tivessem tantos problemas como tem ocorrido”, disse.

As eleições ocorrem na Faculdade de Educação, no Básico de Saúde, Residentes do Hospital Universitário Getúlio Vargas, Instituto de Filosofia, Ciências Humanas e Sociais e na pós-graduação da Faculdade de Ciências.

Publicidade
Publicidade