Publicidade
Manaus
Manaus

Promotorias Eleitorais recebem apoio na segurança durante as eleições 2012

Até o dia da eleição, o Promotor de Justiça que verificar a necessidade de apoio na segurança,  pode solicitar reforço policial à Procuradoria-Geral de Justiça 21/09/2012 às 15:37
Show 1
Coronel da Polícia Militar Ronaldo Negreiros, chefe da Assessoria de Segurança do MP-AM
acritica.com Manaus

Com a proximidade da realização das eleições municipais de 2012, no próximo dia 7 de outubro, e o acirramento de campanhas políticas, algumas Promotorias Eleitorais do Ministério Público do Amazonas no interior do Estado vão receber apoio na segurança. As primeiras a receberem apoio são as Comarcas de Humaitá, Iranduba, Lábrea, Nhamundá e Tabatinga. Nesta quarta-feira, 19 de setembro, parte do efetivo de Policiais Militares do MP-AM já foi encaminhado aos municípios que solicitaram segurança extra. 

Até o dia da eleição, o Promotor de Justiça que verificar a necessidade de apoio na segurança,  pode solicitar reforço policial à Procuradoria-Geral de Justiça. "Vamos apoiar todos os Promotores de Justiça que solicitarem reforço de policiamento. A intenção é permitir que os membros do Ministério Público possam trabalhar com autonomia, dentro da função que eles exercem, sem qualquer tipo de coação, pressão ou ameaça", afirmou o Coronel da Polícia Militar Ronaldo Negreiros, chefe da Assessoria de Segurança do MP-AM. 

Segundo ele, em alguns municípios do Amazonas, o Ministério Público recebe o apoio de segurança da prefeitura local. Entretanto, durante o período de eleições, não é indicado que a administração do município, ou qualquer outro orgão, interfira nas ações do MP-AM, que deve ser autônomo e independente. "Durante o pleito de 2012, todo o efetivo da segurança do MP será empregado para apoio dos Promotores Eleitorais".

"Para o interior, até o momento, a estimativa de apoio policial é de até 10 policais militares. O restante do efetivo fica em Manaus", disse Negreiros. "Estamos fazendo uma análise de risco para saber se há necessidade de aumento na segurança das Comarcas. Dependendo desse estudo, poderemos aumentar a quantidade de homens que será enviada ao município. Se for preciso, iremos requerer ao Comando da Polícia Militar um reforço de pessoal para dar esse apoio", reiterou. O Ministério Público do Amazonas possui 41 policiais militares em sua assessoria de segurança.