Publicidade
Manaus
Polícia, assaltos, Quadrilha, Caixas Eletrônicos, DERFD

Quadrilha especializada em assaltar caixas eletrônicos é presa em Manaus

Captura do bando ocorreu horas após a realização de uma ataque aos caixas eletrônicos localizados nas dependências da Seduc, onde os seguranças foram rendidos 06/02/2012 às 13:31
Show 1
Quadrilha alugou um imóvel na Zona Norte de Manaus, onde arquitetava os assaltos
acritica.com Manaus

Integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a caixas eletrônicos foram presos por uma equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), no último sábado (4), no bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus, além de terem veículos, armas, munições e equipamentos utilizados nos ataques, apreendidos pela polícia.

Entre os presos estão Rogério Carlos Matos, 36; Kleber Cristiano Lima Soares, 34; Alexsandro Ferreira de Souza, 23; Ronyvan de Freitas Campos, 24; Allyson Nascimento Pereira da Silva, 21; e Bruno James de Almeida Sampaio, 23.

Com exceção de Kleber Cristiano, que é paraense, os demais integrantes do bando são naturais de Mato Grosso.

Em poder do grupo a polícia encontrou uma picape modelo Montana, de cor prata e placas JXL3363; um Voyage vermelho, de placas OAL 2560, e um Peugeot preto, de placas JXQ1389; uma pistola calibre 380; 24 munições de calibre 38; 27 munições de calibre 380; quatro revólveres calibre 38, quatro cassetes – recipiente onde ficam guardadas as cédulas, nos caixas eletrônicos -, com o dinheiro roubado, maçarico, pé de cabra, macaco de pressão e chave de fenda.

A prisão da quadrilha ocorreu horas após o ataque a um posto bancário do Banco do Brasil, localizado nas dependências da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), no bairro Japiim, Zona Centro-Sul de Manaus, por volta das 16h, do último sábado. Durante a investida o grupo, rendeu os cinco seguranças do órgão, além de levar os quatro cassetes com todo o dinheiro dos caixas violados. 

Conforme o titular da Derfd, delegado Orlando Amaral, a quadrilha estava sendo investigada há 15 dias, em virtude de algumas ocorrências de assaltos a caixas eletrônicos. Um das características do bando, segundo ele, era a de render os vigilantes e levar os cassetes dos caixas eletrônicos intactos.

No decorrer das investigações, segundo Amaral, dois carros usados pelo bando, o Voyage vermelho e a Montana prata, foram identificados, o que facilitou o monitoramento dos mesmos. Uma casa alugada no bairro Nova Cidade, também foi identificada como base da quadrilha. O Imóvel foi alugado apenas para a reunião do grupo, onde esquematizavam os roubos.

Monitoramento
No último sábado, a equipe de policiais que estava acompanhando a movimentação da quadrilha percebeu que eles circulavam pela cidade, sempre em locais que tinham postos bancários.

Como estavam convictos que a quadrilha iria agir, os policiais aguardaram o momento certo para realizar a prisão. Entretanto, apesar de terem perdido em um determinado momento, o contato visual do bando, os policiais se deslocaram à casa, onde os assaltantes se reuniam, onde ocorreu a prisão em flagrante.

Ainda de acordo com o delegado Orlando Amaral, um representante do Banco do Brasil compareceu a delegacia nesse domingo (5), e lacrou os quatro cassetes recuperados. O valor não foi informado, pois, no momento da prisão os caixas que continham o dinheiro, ainda não tinham sido violados pelos assaltantes.

Funções
Em depoimento, os integrantes declararam que estavam em Manaus, desde o dia 24 de janeiro. Rogério é o único integrante da quadrilha que mora em Manaus, responsável pela logística e indicação dos alvos. Kleber é apontado como chefe do bando, e em depoimento, contou que já foi preso por roubo em Goiás, Maranhão, Mato Grosso e agora no Amazonas. Allyson e Alexsandro são os cortadores - responsáveis pelo corte da estrutura metálica dos caixas eletrônicos.  

Os seis integrantes da grupo foram autuados em flagrantes por roubo, formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo, e encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.