Publicidade
Manaus
Manaus

Quadrilha responsável por morte de médico é presa em Manaus

O oftalmologista Egídio Correa Lira Junior, 37, foi morto com três tiros à queima roupa no dia 1° de novembro de 2015. O grupo responsável pelo assassinato será apresentado na manhã desta quinta-feira (3) na DEHS 02/12/2015 às 19:43
Show 1
Conforme a PC, a quadrilha confessou o crime e contou os detalhes de como tudo ocorreu
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Quatro homens e uma mulher, com os nomes preservados pela Polícia Civil, foram presos na quarta-feira (2), em Manaus. A quadrilha é responsável pelo homicídio do oftalmologista Egídio Correa Lira Junior, de 37 anos, encontrado morto com três tiros à queima roupa dentro do seu veículo, no dia 1° de novembro deste ano.

De acordo com informações da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), no local da prisão, que não foi divulgado pela PC, os policiais conseguiram recuperar três armas e diversos objetos da vítima. Ainda conforme a equipe de investigação, o veículo modelo Volkswagen Gol, de cor vermelha e placas NOU-0037, usado no dia em que sequestraram o médico, também foi recuperado.

Conforme a PC, a quadrilha confessou o crime e contou os detalhes de como tudo ocorreu.

Os homens e a mulher serão apresentados durante coletiva de imprensa na manhã de quinta-feira (3), na sede da DEHS, onde a motivação do crime será explicada.

Na manhã da última terça-feira (1), peritos do Instituto de Criminalística (IC), foram até a DEHS coletar as impressões digitais no carro. O resultado da perícia realizada será divulgado daqui a 30 dias.

O delegado titular em exercício da DEHS, Luiz Rocha, explicou que a principal motivação do crime é passional.

As investigações iniciais feitas pela delegacia, apontam que o médico era uma pessoa bem conceituada profissionalmente e tinha uma vida equilibrada, tinha carro, lancha e jet-ski, sem nada que causasse desconfianças.

O corpo de Egídio foi encontrado por volta das 10h30 por policiais da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), enrolado em um cobertor no banco de trás do seu carro, modelo Ford Ranger.