Publicidade
Manaus
Responsabilidade social

Jovens empreendedores sociais realizam o 'Puxirum' na orla do Amarelinho, domingo (15)

Grupo de empreendedores sociais mobiliza moradores do Educandos para ação no domingo 12/05/2016 às 09:39 - Atualizado em 12/05/2016 às 12:43
Show capturar
Ítalo Michiles e Luis Felipe fazem parte do X-LAB Manaus, que pretende envolver moradores na limpeza do Amarelinho (foto: Euzivaldo Queiroz)
Silane Souza Manaus (AM)

Uma grande ação social está sendo programada para acontecer no domingo, a partir de 9h, na orla do Amarelinho, bairro Educandos, Zona Sul. Trata-se do “Puxirum Amarelinho”, uma espécie de mutirão, organizado por um grupo de jovens empreendedores sociais, que tem por finalidade levar atividades de lazer, diversão e conscientização ambiental para a comunidade. Na ocasião, haverá doações de roupas, calçados e livros, além de aulas de dança e limpeza da orla. 

De acordo com o empreendedor social Ítalo Michiles, 23, a ação será promovida por integrantes do X-LAB Manaus. Conforme ele, o X-LAB é um game desenvolvido em alguns Estados brasileiros e pelo mundo afora que ativa e desafia comunidades jovens, criativas e motivadas a transformarem a si mesmas e ao mundo ao redor, brincando e de forma “free, fast and fun” (gratuita, rápida e divertida). 

O grupo, em Manaus, conforme Michiles, é formado por quase 55 jovens e o evento na orla do Amarelinho é a terceira ação social organizado pelos labers, como são conhecidos. O objetivo, além de oferecer atividades de lazer, diversão e conscientização ambiental, é mostrar à comunidade o que ela tem de bom e que, unida, pode fazer muitas coisas em benefício de todos. 

“Nós vamos distribuir roupas, calçados, livros, fazer atividades com as crianças e, junto com a comunidade, fazer a coleta de lixo ao longo da orla do Amarelinho. Nosso objetivo é fazer com que a comunidade se aproxime e perceba que, unida, pode limpar e cuidar daquele espaço, que é dela. Além disso, os próprios comunitários vão apresentar o que têm de bom, como a capoeira com as crianças e jovens e aula de dança. Vai ser um mix de atividade, ou melhor, de lazer e diversão”, garantiu.

Voluntários

Para realizar o “Pixirum Amarelinho”, os coordenadores do X-LAB Manaus pedem apoio da comunidade. Eles estão recebendo doações de livros, roupas, calçados, brinquedos e também estão à procura de voluntários para ajudar com a organização. “Quem quiser contribuir, seja participando ativamente do evento ou fazendo doações, é só nos contatar pela nossa página no Facebook X-LAB Manaus ou pelo telefone (92) 99256-2767”, disse Michiles.

De acordo com Ítalo Michiles, o “Puxirum Amarelinho” ocorrerá no Educandos por iniciativa de um morador do bairro. “Quem sugeriu essa localidade foi um morador de 70 anos que nos procurou para que realizássemos a ação no local. Ele está inconformado com a situação das pessoas, cada vez mais se distanciando, a orla cheia de lixo e as crianças sem opção para brincar e nos contatou para fazermos a ação”, afirmou.

Missão é encontrar uma sede

O X-LAB é um game que desafia jovens a se reunirem e a cumprir várias missões.  O grupo, em Manaus, cumpriu a primeira missão: organizar a equipe, e está na segunda, que é conseguir uma casa para ser a sede do projeto por seis meses. “Nela nós vamos oferecer oficinas, palestras, workshops e encontros culturais”, contou o empreendedor social Ítalo Michiles.

Os jovens empreendedores vão desenvolver projetos de educação, meio ambiente, ação social e alimentação. Eles têm até o final do mês para conseguir a casa e mais três meses para construir e entregar o primeiro “RH” para voluntários de Manaus. Quem tiver interesse em participar do X-LAB Manaus basta procurar o grupo.

Mix de atividade

A ideia do “Pixirum Amarelinho” é promover distribuições de roupas, calçados e livros; recolher lixo na orla; promover ações de lazer, como dança, esporte e música, além de serviços de conscientização ambiental