Publicidade
Manaus
Manaus

Relatório da CPI da água será votado, segundo parlamentares

Presidente e relator da comissão que investigou mazelas do fornecimento de água confirmam votação, nesta quarta-feira (10), do documento 10/10/2012 às 08:36
Show 1
CPI da Água concluiu os trabalhos de investigação no dia 4 de agosto e já adiou por duas vezes a votação do relatório
Kleiton Renzo ---

Mais de seis meses após o início da segunda Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada pela Câmara Municipal de Manaus (CMM) para investigar a concessão do fornecimento de água em Manaus os membros da CPI prometeram para esta quarta-feira (10), a votação do relatório contendo as recomendações que serão feitas à prefeitura, ao Ministério Público e aos demais órgãos de fiscalização do poder público.

A CRÍTICA adiantou na edição de 20 de setembro que, no documento de mais de 300 páginas, o relator da CPI, vereador Marcel Alexandre (PMDB), pede a intervenção da prefeitura no sistema de distribuição de água, extinção da concessão, anulação do contrato com a empresa Águas do Brasil (nova detentora da concessão) e o ajuizamento de ações contra o atual prefeito Amazonino Mendes (PDT), e os ex-prefeitos Alfredo Nascimento (PR), Luiz Alberto Carijó (PDT) e Serafim Corrêa (PSB).

Fazem parte da comissão, além de Marcel Alexandre, os vereadores  Waldemir José (PT), Jeferson Anjos (PV), Mário Bastos (PRP), Fabrício Lima (PRTB) e Joaquim Lucena (PSB). O presidente da CPI é o vereador Leonel Feitoza (PDT).

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).