Publicidade
Manaus
Manaus

Rêmulos é liberado para funcionamento pela Prefeitura de Manaus após adequações

O Corpo de Bombeiros constatou que foram feitas as adequações necessárias e liberou o local para funcionamento neste fim de semana 03/02/2013 às 20:35
Show 1
Remulo's Club foi lacrado na semana passada, mas foi liberado para funcionamento após adequações
acritica.com Manaus

A fiscalização da prefeitura às casas noturnas da cidade continuou, na noite deste sábado, 02. O objetivo foi verificar se as casas noturnas interditadas estavam cumprindo a determinação e os clubes que foram liberados para funcionar estavam adequados. O primeiro local visitado pelas equipes foi a casa noturna Rêmulo’s Club, na rua Lobo D’Almada, Centro.

 O Corpo de Bombeiros constatou que foram feitas as adequações necessárias e liberou o local para funcionamento neste fim de semana. De acordo com o tenente Robson Falcão, do Corpo de Bombeiros, foi assinado um termo de desinterdição, mas uma equipe voltará ao local nesta segunda-feira para fazer uma análise minuciosa da situação.

“O proprietário comprou extintores novos, fez as demarcações, sinalização da rota da rota de fuga e desobstrução da saída de emergência. Portanto, foram sanados os principais riscos à segurança”, explicou.

Fiscais do Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa) ainda encontraram irregularidades, como infiltrações, bebidas acondicionadas de maneira incorreta e entulho embaixo dos palcos. Eles informaram que será feito um relatório para análise. O clube possui licença sanitária, mas segundo os fiscais, ela pode ser cassada a qualquer momento, se forem constatados problemas que coloquem em risco a saúde dos frequentadores.

A casa noturna havia sido interditada na segunda-feira, 28, pelo Corpo de Bombeiros por apresentar falhas na segurança, como extintores de incêndio com prazo de validade vencido, falta de sinalização na rota de fuga e obstrução da saída de emergência.

O clube foi lacrado ainda pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente por estar com a licença ambiental vencida. O Departamento de Vigilância Sanitária também interditou a lanchonete que funciona na entrada da boate.

Os fiscais também visitaram a Cervejaria Fellice, no Studio 5, Zona Sul, e confirmaram a interdição parcial. O local está funcionando apenas na área externa. O Dvisa encontrou irregularidades e emitiu relatório para reforçar o auto de infração anterior.

Foram visitados ainda na noite de sábado e confirmados que estão fechados: Bar Paraíso, Cabaré da Leila, Aquarela Bar, Dama da Noite, Point do Leite, Casarão do Bolero e Casa do Terror, na zona Sul; e Pegadas, Porteira, Bar Oeste, Espeto e Perfume de Mulher, na zona Oeste.

Liberação

Na sexta-feira, 01, o prefeito Arthur Virgílio Neto decidiu liberar para funcionamento as casas que foram interditadas durante a operação por problemas burocráticos junto aos órgãos municipais. Os clubes lacrados por problemas de segurança permanecem fechados.

Das 66 casas interditadas, 27 ficaram autorizadas a funcionar a partir de sexta-feira. Outras 39 permanecerão fechadas. Os locais fechados foram interditados pelo Corpo de Bombeiros e pelo Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa).

Com informações da Semcom.