Publicidade
Manaus
Manaus

Representação pede suspensão de licitação para a escolha de agências que vão atuar no AM

Na representação, a  Associação Brasileira de Agências de Propaganda (ABAP) pede a apuração de suspeitas de irregularidades na Comissão Geral de Licitação (CGL) 02/10/2012 às 16:07
Show 1
Ministério Público do Estado do Amazonas
acritica.com Manaus

A Associação Brasileira de Agências de Propaganda (ABAP) protocolou, no Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), representação para a apuração de suspeitas de irregularidades cometidas por membros da Comissão Geral de Licitação (CGL) na concorrência pública para a escolha de agências de publicidade para atuarem no governo estadual.

Segundo informações do site do MP, o presidente da ABAP, regional Amazonas, Edson Gil da Costa, e o advogado Francisco Martins, visitaram o procurador Geral de Justiça do Amazonas Francisco Cruz e entregaram cópia da representação, a qual pede a instauração de procedimento administrativo para fins de apuração de responsabilidade por possíveis violaçõe.

A concorrência está em curso na CGL e tem por objetivo a contratação de serviços de publicidade a serem prestados para a Agência de Comunicação do Governo (Agecom). 

A representação aponta erros no processo. A ABAP regional pede a suspensão do certame. "O MP-AM recebeu a representação e irá fazer o encaminhamento para a Promotoria competente com o intuito de verificar a questão", disse o procurador-geral de Justiça, Francisco Cruz.

Com informações da assessoria.