Publicidade
Manaus
Manaus

Resultado das eleições municipais é contestado no interior do AM

Municípios começam a registrar protestos, retaliações, denúncia de compra de votos e ameaça de invasão de cartório 10/10/2012 às 08:06
Show 1
Adversários do prefeito reeleito de Manicoré, Lúcio Flávio (ao centro), denunciaram ele por abuso do poder econômico
Mariana Lima ---

Manifestações contrárias ao resultado das eleições municipais de domingo começam a explodir em municípios do interior do Amazonas.  Manicoré, Rio Preto da Eva e Coari registraram ameaça de protestos, cartas de repúdio e tentativa de invasão de cartórios eleitorais.

Com menos de 24 horas da divulgação do resultado do pleito pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), alguns moradores  se mobilizavam para levantar irregularidades na reeleição, em Manicoré, de Lúcio Flávio (PSD) que obteve 51,44% dos votos. Liderados pelo partido político do candidato opositor, Jeferson Campos (PTN), uma lista de supostas irregularidades como compra de votos e uso da máquina administrativa foram apresentados ao juiz eleitoral da Comarca, Jeferson Galvão de Melo.

“Nós temos provas de compra de voto, de troca de voto por motor para os barcos, dinheiro. Temos tudo filmado e já entregamos ao juiz que nada fez. Iremos nos reunir hoje para decidir se vamos permanecer com a ideia de invadir o cartório e atear fogo lá”, explicou a secretária do PTN, Kelly Mar.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).