Publicidade
Manaus
'SEM ACORDO'

Rodoviários convocam assembleia para deliberar sobre greve geral em Manaus

A categoria está insatisfeita com a falta de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sinetram) sobre o pagamento do 13º salário 23/11/2017 às 12:04 - Atualizado em 23/11/2017 às 15:21
Show greve 2222
Os trabalhadores vão participar de uma assembleia sexta-feira (24) (Foto: Arquivo AC)
Amanda Guimarães Manaus (AM)

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Manaus (STTRM) divulgou nesta quinta-feira (23), um edital de convocação de assembleia geral para ser realizada nesta sexta-feira (24), na sede da instituição, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, na Zona Centro-Sul de Manaus. A categoria está insatisfeita com a falta de acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Sinetram) sobre o pagamento do 13º salário dos trabalhadores. As empresas afirmam que não têm dinheiro para quitar os salários até o dia 30, como diz a lei.

No documento que a reportagem teve acesso, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir de Oliveira, convida a categoria para participar do ato que pode aprovar greve geral por tempo indeterminado, caso as empresas não efetuem o pagamento do décimo terceiro salário.

Procurado pelo Portal A Crítica, o tesoureiro do STTRM, Josildo de Oliveira, confirmou que a assembleia será realizada em dois horários nesta sexta-feira (24), em Manaus. Os trabalhadores podem participar das reuniões que vão começar às 9h e outra às 16h.

"O Sinetram já nos informou que não tem como pagar o décimo terceiro de jeito nenhum. Não podemos fazer acordo, porque já sondamos os trabalhadores e eles não querem que os valores sejam parcelados. Vamos cumprir a lei e decidir conforme a opinião da categoria", disse.

Segundo Josildo, o Sindicato de Rodoviários também participou de uma reunião com o Sinetram nesta quinta-feira (23), mas também nada foi acertado. "Acabamos de sair de uma reunião, o Sinetram informou que ainda está estão aguardando os valores de subsídios da Prefeitura de Manaus. Amanhã também vamos participar de uma reunião na Delegacia do Trabalho. Vamos nos dividir na assembleia e audiência", explicou.

Reunião sem acordo

Nessa terça-feira (21), os Rodoviários participaram de uma reunião na Superintendência Regional do Trabalho, com o Sinetram e a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), mas não entraram em acordo sobre o pagamento dos funcionários.

Sem dinheiro

Conforme publicado pelo Portal A Crítica, o Sinetram informou que não tem como pagar o décimo terceiro dos rodoviários de Manaus. "Não temos como pagar o décimo terceiro. A nossa receita já está difícil para pagar o salário dos trabalhadores. Estamos negociando junto ao Sindicato dos Rodoviários outras possibilidades, eles vão analisar junto com a categoria", disse o assessor jurídico, Fernando Borges.

Publicidade
Publicidade