Publicidade
Manaus
Manaus

Ruas da cidade amanhecem 'cobertas' por santinhos

Há milhares de papéis, com foto e número de candidatos, espalhados em frente a escolas que são locais de votação 07/10/2012 às 07:54
Show 1
Na Escola Estadual Carvalho Leal, na Cachoeirinha, já se via uma pequena fila por volta de 6h da manhã deste domingo (7), além de 'santinhos' espalhados
Evelyn Souza Manaus

As ruas de Manaus amanheceram cobertas de "santinhos" nas primeiras horas deste domingo (7). Há milhares de papéis, com foto e número de candidatos, espalhados em frente a escolas que são locais de votação.

A equipe do acritica.com percorreu as principais avenidas das Zonas Norte e Leste, nos bairros Jorge Teixeira, João Paulo, Cidade Nova, e esteve também na Zona Oeste, nos bairros da Compensa e São Raimundo e também no bairro da Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

Na Avenida Itaúba, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Helena Augusta Walcott, muitos "santinhos" com a foto do candidato a prefeito Sabino Castelo Branco, e do filho, Reizo, candidato a uma vaga na Câmara dos Vereadores, foram encontrados espalhados.

Propaganda eleitoral


O Art. 1º da portaria Nº 006/2012 da Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral do TRE/AM, determina a proibição de propaganda eleitoral realizada através da colocação de placas/faixas/cartazes/banners nas proximidades dos locais de votação e afixadas num perímetro de 50 metros da entrada desses locais.

O Art. 2º estabelece o prazo de 48 horas para a retirada voluntária, pelo proprietário/morador, de toda e qualquer propaganda que se enquadre nos moldes da proibição constante do art. 1º desta portaria.

De acordo com o inciso 1º do Art. 2º, caso não seja retirada voluntariamente a propaganda, no prazo acima estipulado, a Justiça Eleitoral poderá fazê-lo, por meio do Juiz Eleitoral da Zona respectiva, ou de qualquer servidor por ele designado, no exercício do poder de polícia.

O inciso 2º diz que, em se tratando de imóvel abandonado, fechado ou cujo proprietário não seja identificado, será feita notificação ao candidato, partido político ou coligação responsável pela propaganda para no prazo do Art. 2º desta portaria, providenciar a sua retirada, sob pena de adoção da medida prevista no inciso 1º do referido artigo.