Publicidade
Manaus
Economia, Suframa, Celulares, PIM, Samsung

Samsung busca apoio para investir mais, na Zona Franca de Manaus

Presidente da empresa, Sangjin Park, esteve na capital amazonense, onde em conversar com o superintendente da Suframa, revelou planos de novos investimentos no PIM 16/02/2012 às 08:18
Show 1
Superintendente da Suframa, Thomaz Nogueira, reunido com Sangjin Park
acritica.com Manaus

O presidente mundial da Samsung SDI, Sangjin Park, esteve na sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) para solicitar o apoio da autarquia na instalação em Manaus de um projeto inédito no Brasil: produção de baterias compactas de Lithium Ion (íons de lítio) para celulares e notebooks.

Em conversa com o superintendente Thomaz Nogueira, ocorrida na última terça-feira (14), Sangjin Park revelou ter recebido convite de vários outros países para instalar a nova planta industrial, mas que a empresa coreana aposta no Brasil “por considerar um potencial mercado para este produto”.

A Samsung SDI é líder mundial em produção de energia limpa através de baterias recarregáveis e Nogueira adiantou que a instalação deste segmento em Manaus vai contribuir para o adensamento da cadeia de celulares e notebooks no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Nogueira colocou a Suframa à disposição para esclarecer todas as dúvidas da Samsung SDI e ajudar no que for necessário para ajustar o projeto coreano às exigências do modelo Zona Franca.

Sangjin Park disse que assim que retornar à Coreia enviará técnicos da empresa ao Amazonas para iniciar as discussões em torno da instalação da nova unidade no PIM.

Ainda na terça-feira, Nogueira recebeu representantes dos estados de Roraima, Rondônia e Amazonas relacionados ao Comércio Exterior para uma apresentação das ações da autarquia dentro do Plano Nacional da Cultura Exportadora (2012-2015).

Iniciativa do Governo Federal, o plano foi criado em abril de 2011 com o objetivo de desenvolver e difundir a cultura exportadora nos Estados, por meio de várias ações, já desenvolvidas pelos órgãos de governo e ou iniciativas privadas, a exemplo da Confederação Nacional da Indústria.