Publicidade
Manaus
Manaus

Secretaria de Segurança prepara segundo simulado para a Copa de 2014

O ensaio técnico será realizado no Porto Privatizado de Manaus, no Centro, com a simulação de um crime de homicídio e prisão em flagrante do autor. O treinamento cisa que as instituições da área de segurança pública terão que atuar de forma integrada nas ocorrências 24/04/2012 às 09:39
Show 1
Simulado de Segurança Copa 2014
acritica.com Manaus

Acontecerá no próximo dia 25, o segundo simulado das forças estaduais de segurança para a Copa do Mundo de 2014,realizado pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O ensaio técnico será realizado no Porto Privatizado de Manaus, no Centro, com a simulação de um crime de homicídio e prisão em flagrante do autor.

O treinamento com as instituições da área de segurança pública terão que atuar de forma integrada na ocorrência. Além do assassinato, as polícias irão se deparar com duas vítimas feridas, destaca o coordenador da Câmara Técnica de Segurança para Grandes Eventos, coronel Dan Câmara, que destaca que nesse segundo simulado de segurança, a ideia é treinar as forças de segurança para atuar numa ocorrência crítica em uma área separada dos locais de grande concentração do público.

-"Daí, a ação ser feita no Centro de Manaus", revela Câmara, que reforça que as forças serão acionadas por meio de um Centro de Comando e Controle Regional do Sistema de Segurança Pública, que, durante os jogos da Copa do Mundo, será responsável por coordenar as ações de segurança. 

O sistema de segurança irá se deparar com um crime de homicídio no Porto de Manaus no mesmo horário de um evento da Copa, distante do Centro de Comando e Controle do Sistema de Segurança. “No primeiro ensaio técnico realizado em março, simulamos uma situação crítica na própria área de Fan Fest. Agora, queremos testar a atuação das forças estaduais em local separado das grandes aglomerações”, disse o Cel. Câmara.

No contexto geral, a ideia é avaliar o tempo de atendimento da ocorrência e os procedimentos de investigação como o isolamento do local do crime serão adotados pela Polícia Civil e Polícia Militar, explicou o delegado João Neto, representante da Polícia Civil na Câmara Temática da SSP/AM. Na ação estarão envolvidos cerca de 150 policiais e servidores da Polícia Civil, Polícia Militar, Marinha do Brasil e Polícia Federal. Os ensaios técnicos coordenados pela SSP estão previstos no plano de segurança estadual para a Copa do Mundo.