Publicidade
Manaus
LACRADO

Sefaz interdita restaurante da ALE-AM por irregularidades em notas fiscais

Órgão constatou irregularidades como falhas na inscrição estadual e divergência no endereço apresentado na emissão de nota fiscal. Presidente da ALE, David Almeida, definiu atuação da Sefaz como "excesso de zelo" 25/04/2017 às 14:05
Show lacre
Restaurante foi interditado nesta terça-feira (25) (Foto: Geizyara Brandão)
Geizyara Brandão Manaus (AM)

Na manhã desta terça-feira (25), o restaurante que atende os funcionários e deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) foi lacrado por conta de irregularidades na inscrição estadual e na divergência no endereço apresentado na emissão de nota fiscal.

O fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), Diego Silveira, constatou as irregularidades denunciadas pelo Jornal A CRÍTICA e caso esteja funcionando sem estar quite com as obrigações será multado. Para não ter desperdício de alimentos, a fiscalização permitiu funcionar na hora do almoço, uma vez que a comida estava exposta.

O presidente da ALE-AM, David Almeida (PSD) definiu a atuação da Sefaz como "excesso de zelo" e que o restaurante já está resolvendo as pendências.

O proprietário do estabelecimento não quis dar entrevista sobre o assunto.