Publicidade
Manaus
Manaus

Seguranças de candidato são presos por tentar intimidar juíza em Manacapuru

O Comandante do Policiamento do Interior, Coronel Frota, que se encontra em Pauini, deixou claro que a PM está pronta a atender as determinações dos juízes eleitorais 30/09/2012 às 15:55
Show 1
O Comandante do Policiamento do Interior, Coronel Frota, informou que a PM está empenhada em em atender as determinações da Justiça Eleitoral
acritica.com Manaus

A Juíza Eleitoral de Manacapuru (a 69 quilômetros de Manaus), Rosália Guimarães, determinou, na noite de ontem (30/09), a prisão de cinco pessoas, identificadas como seguranças de um candidato à prefeitura do município, sob a alegação de que os mesmos a tentaram intimidar enquanto jantava em um restaurante da cidade.

O Comandante do Policiamento do Interior, Coronel Frota, que se encontra em Pauiní, deixou claro que a Polícia Militar está pronta a atender as determinações dos juízes eleitorais e não deixará de cumprir qualquer mandado de prisão, destacando que a PM  já efetuou a prisão inclusive de oficiais de sua corporação, sob mandado da Justiça eleitoral.

Segundo a assessoria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), as prisões, realizadas pela Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), demonstram que a Justiça Eleitoral não vai tolerar nenhum tipo de ameaça ou coação por parte de quem quer que seja, e está pronta para responder de forma imediata e enérgica a qualquer atitude que intente desestabilizar a ordem no processo eleitoral.