Publicidade
Manaus
Manaus

Seis pessoas são detidas durante as votações em Manaus

Os presos foram levados para locais onde abrigarão os detidos, nas Zonas Centro-Sul e Leste 07/10/2012 às 15:38
Show 1
O ginásio Zezão, na Zona Leste, é um dos dos lugares para onde são levadas as pessoas detidas
acritica.com Manaus (AM)

Até o meio-dia deste domingo (7), seis pessoas foram detidas suspeitas de praticarem compra de votos e por desacato a autoridade em Manaus, durante as votações, nesta eleição municipal. Os infratores foram levados para locais onde abrigarão os detidos, nas Zonas Centro-Sul e Leste.

Pessoas que forem flagradas consumindo ou comercializando bebida alcoólica nesta eleição, serão encaminhadas a um Distrito de Polícia (DIP) mais próximo do ocorrido, onde serão autuados por desobediência de ordem judicial e estarão sujeitos a de detenção, de 15 (quinze) dias a 6 (seis) meses, e multa  de acordo comn o Artigo 330 da Lei 2848/40. No DIP também será registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Operação

Mais de 80 policiais, entre civis e federais, percorreram bares e restaurantes de Manaus na madrugada deste domingo (7), onde conferiram o cumprimento da “Lei Seca”, que proíbe a venda e consumo de bebidas alcoólicas, a partir das 22h do dia anterior ao pleito.

A operação percorreu todas as zonas da cidade e foi coordenada pelo Delegado Geral Adjunto, Mário Aufiero, e pelo diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Delegado Emerson Negreiros.

Batizada de “Operação Lei Seca”, a ação teve início às 22h de sábado, no conjunto Eldorado, Zona Centro-Sul.  No local, bares foram fechados e consumidores orientados sobre a proibição estabelecida pela Justiça Eleitoral. 

Medida semelhante foi adotada no bairro Nossa Senhora das Graças e Centro, onde até as  23h de ontem ainda havia consumidores com bebida alcoólica nas mesas. Em todos os locais visitados, comerciantes e clientes receberam orientações e folders explicativos sobre a lei. Não houve autuações.