Publicidade
Manaus
Manaus

Semsa mobiliza comunidade da zona Leste de Manaus contra Dengue

Até quarta-feira (27), as unidades de saúde do Distrito Leste também intensificarão as visitas domiciliares com o objetivo de identificar os locais de criadouros da dengue e sensibilizar os moradores sobre a importância de manter os terrenos limpos. 25/02/2013 às 17:47
Show 1
Agente de endemias checa local que serve de criadouro do mosquito transmissor da dengue
acritica.com Manaus (AM)

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Distrito de Saúde Leste, realizam, na próxima quinta-feira (28), a partir das 9h, na Avenida Grande Circular, uma mobilização social com o objetivo de conscientizar a população sobre os perigos da doença e reduzir a incidência de casos de dengue na zona Leste de Manaus.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, a ação faz parte da Operação impacto contra a Dengue e sairá do Centro Municipal de Educação de Jovens e Adultos (Cemeja) Prof. Samuel Benchimol, ao lado do Shopping Grande Circular. A ação reunirá servidores das unidades de saúde, equipes da Estratégia Saúde da Família, gestores de escolas, lideranças comunitárias, agentes de endemias da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Secretaria de Estado de Saúde (Susam) e do grupo musical Singeleza.  

“Serão realizadas várias atividades para mobilizar a população da zona Leste para se juntar na caminhada reforçando o combate à dengue”, afirmou o secretário, acrescentando que durante todo o dia de ontem (25), as unidades de saúde do Distrito Leste intensificaram as ações de educação em saúde. Foram realizadas palestras e distribuição de folhetos informativos nas
escolas, igrejas e associação de moradores orientando sobre os sintomas e tratamento da dengue.

Intensificação

Até quarta-feira (27), as unidades de saúde do Distrito Leste também intensificarão as visitas domiciliares com o objetivo de identificar os locais de criadouros da dengue e sensibilizar os moradores sobre a importância de manter os terrenos limpos.

De acordo com o último Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 7 e 17 de janeiro, a área de maior risco de transmissão está  na zona Leste com índice de 7,3%. Os dados também mostram que Manaus tem médio risco para a transmissão de dengue, com índice de infestação predial (presença de larvas ou criadouros em imóveis e terrenos selecionados) de 3,7%.

O secretário de Saúde informou que a população também pode ajudar no combate à dengue denunciando a existência de locais com possíveis focos do mosquito. “As pessoas podem ligar para o Disque Saúde (0800 280-8-280), das 8h às 12h e das 14 às 17h, de segunda à sexta-feira, ou enviar uma mensagem para o endereço eletrônico dengue@pmm.am.gov.br, informando o endereço completo do local indicado”, declarou.  

A Semsa está realizando ações de educação em saúde em todas as zonas da cidade em parceria com diversos órgãos estaduais e municipais além das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica), Corpo de Bombeiros, Ministério Público, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e outras organizações da área do comércio, indústria e construção civil.


*Com informações de assessoria (Semsa)