Publicidade
Manaus
REAJUSTE

Servidores da Saúde fecham av. Constantino Nery em protesto por reajuste salarial

Utilizando faixas e cartazes, Enfermeiros, técnicos de enfermagem e outros profissionais cobram posicionamento do governador Amazonino Mendes. Trânsito foi liberado por volta de 12h 12/04/2018 às 11:58 - Atualizado em 12/04/2018 às 12:16
Show 1
Foto: Jair Araújo
acritica.com Manaus (AM)

Servidores da rede estadual de saúde do Amazonas interditaram na manhã desta quinta-feira (12) os dois sentidos da avenida Constantino Nery, no trecho do cruzamento com a avenida Pedro Teixeira, na Zona Centro-Sul de Manaus, durante um protesto pedindo reajuste salarial da categoria.

Utilizando faixas e cartazes, eles cobraram do governador Amazonino Mendes um posicionamento para o reajuste de 25%. "Estamos pedindo 18% para reajuste da data-base, que não acontece desde 2015, e 7% em 2019. A Polícia Militar e a Educação conseguiram esse reajuste, e sem Saúde nada disso funciona", declarou o técnico Reginaldo Nascimento. 

Além disso, a categoria, composta por cerca de 32 especialidades como enfermeiros, técnicos, fisioterapeutas, motoristas, buoquímicos, agentes de endemias, entre outros, pede isonomia no ticket alimentação. Atualmente, os profissionais recebem o valor de R$ 220, no entanto, a isonomia deve garantir o valor de R$ 600. 

"Não recebemos esse valor e ainda temos que bancar o nosso vale-transporte e falta de segurança nos hospitais. É um absurdo trabalhar diante de todos esses problemas", protestou a técnica de enfermagem do Hospital e Maternidade Chapot Prevost, Raimunda Medeiros. 

Representantes de sindicatos dos profissionais e da administração da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) estavam reunidos no Centro de Convenções Vasco Vasques enquanto o protesto ocorria na via. A reportagem aguarda um posicionamento do órgão. 

Segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), a via foi totalmente liberada por volta de 12h. A Polícia Militar acompanhou a manifestação. 

Publicidade
Publicidade