Publicidade
Manaus
Manaus

Sistema 'Zona Azul' ainda sem data para ser implantado no Centro de Manaus

 Transtorno para encontrar vagas em Manaus vai continuar, já que a implantação do sistema deve ser adiada pela quinta vez 26/06/2012 às 07:44
Show 1
Sem o Zona Azul, a dificuldade para encontrar uma vaga para estacionar é maior a cada dia, principalmente no Centro
Carolina Silva Manaus

Enquanto motoristas enfrentam transtornos para encontrar vagas em vias do Centro de Manaus para estacionar, situação que ficou mais complicada com a cheia do rio Negro, o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) confirmou que a implantação do Sistema de Estacionamento Rotativo Pago, denominado “Zona Azul”, vai ser adiada novamente. Mas, desta vez, sem previsão para implantação. O último prazo previsto pelo órgão era o fim deste mês.

Mais de dois meses depois que o decreto 1.518, que institui o sistema, foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM), o projeto básico ainda não foi concluído para que a Comissão Municipal de Licitação (CML) pudesse elaborar o edital de licitação e lançar a abertura da concorrência entre as empresas que pretendem administrar o serviço.

De acordo com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), a CML ainda aguarda o Manaustrans concluir a demarcação das vagas no Centro para dar andamento ao edital de licitação. O Manaustrans informou que a interdição de ruas que alagaram devido à cheia do rio Negro, em Manaus, impediu que os trabalhos fossem concluídos.

A Semcom informou que, a partir da entrega do projeto básico finalizado, o prazo para CML publicar o aviso de concorrência é de até 30 dias. E a abertura das propostas deve ocorrer, no máximo, 60 dias depois.

Para o taxista Isaías Sampaio, 31, quanto mais demora a implantação do Zona Azul, piores são os transtornos enfrentados pelo motoristas. “Há muito tempo prometem o Zona Azul e sempre tem uma desculpa para que ainda esteja somente no papel. Enquanto isso, o trânsito da área vai piorando e nenhuma providência é tomada”, reclamou.

“Não adianta ficar empurrando esse projeto para daqui a um mês ou mais, porque é crítica a situação de estacionamentos e tráfego de veículos no Centro da cidade”, acrescentou o empresário Rodrigo Vasconcelos, 36.

Aprovação
O projeto de lei da prefeitura, que instaura o sistema Zona Azul, foi aprovado pela Câmara Municipal de Manaus (CMM) em 2010. No ano passado, a prefeitura anunciou que o sistema estava previsto pra ser implantado em maio e, em seguida, foi adiado para dezembro. Com a assinatura do decreto somente no dia 30 de março, o Manaustrans chegou a informar que até maio o sistema estaria funcionando, mas a imlantação foi novamente adiada, para o final de junho.

Segundo o decreto, a implementação do projeto leva em consideração “as peculiaridades da área, que tem não só um fluxo significativo de veículos e pedestres, quanto de carga e descarga, as quais exigem uma logística especial nas regiões de maior concentração comercial”.

Demora divide motoristas
Com o Zona Azul longe de ser colocado em prática, motoristas continuam reféns dos estacionamentos rotativos particulares, no Centro. A situação agrada os condutores que são contra o novo sistema, mas desagrada quem é favorável à implantação do Zona Azul.

“Quando o sistema for implantado, vai ficar complicado para quem trabalha no Centro, por isso acho que é mais válido pagar o estacionamento particular”, disse o gerente de loja Ronaldo Macêdo, 41.

Porém, a contadora Luciane Azevedo, 28, desaprova a situação. “Tenho poucos clientes no Centro. Então, quando venho pegar documentos em uma das lojas, não demoro mais que uma hora e meia, mas chego a pagar até R$ 5 num estacionamento particular”, justificou.

Horários
À exceção dos domingos e feriados, o estacionamento na Zona Azul será de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 17h. Segundo o decreto, o período de permanência máxima admitida, por vaga de estacionamento, será de até duas horas. Em épocas especiais ou datas comemorativas, o horário poderá ser ampliado ou reduzido.

3,7 mil vagas de estacionamento deverão ficar disponíveis aos motoristas da capital amazonense, com a implantação do sistema Zona Azul.  Do total de vagas, 3,3 mil, ou seja, 89,2% delas, estarão delimitadas no Centro da cidade, segundo informou o Manaustrans, sobre o novo sistema de estacionamento rotativo.