Publicidade
Manaus
Manaus

“Situação precária do Detran-AM” é denunciada por deputado na ALE-AM

Em seu discurso na manhã desta terça-feira (12), o deputado Tony Medeiros afirmou que o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas passa por crise, e estaria até sem material de expediente 12/06/2012 às 12:33
Show 1
De acordo com o parlamentar a atual situação estrutural e física do Detran-AM está na contramão das ações do governo do Estado
acritica.com Manaus

O deputado estadual Tony Medeiros (PSL) denunciou na manhã desta terça-feira (12), na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM), o que intitulou de situação precária dos serviços prestados por alguns órgãos estaduais, ressaltando o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

De acordo com o parlamentar a atual situação estrutural e física do Detran-AM está na contramão das ações do governo do Estado. “E quando se fala em trânsito, pela situação difícil em Manaus, temos que ter atenção redobrada”, completou.

Tony Medeiros afirma ter informações de que faltam materiais de expediente, computadores e impressoras sucateadas, salas de educação de trânsito que estão há 45 dias sem ar condicionado e sem previsão para reparo, devido aos problemas elétricos da instituição.

O deputado ressalta, também, que o quadro de energia está dentro do arquivo geral. “Então não seria alardear coisas ruins se pensasse na possibilidade de incêndio no Detran-AM. Essas é uma preocupação muito grande, preocupação com essa possibilidade de risco”, disse.

Conforme denunciou Medeiros, o Centro de Processamento de Dados (CPD) não tem arquivo e tudo fica jogado no chão. “O carro mais novo é de 2009. Se na capital é assim, imagina como funciona o interior do Estado?”, questionou ele, ao assegurar que é preciso realinhar a estrutura do Detran-AM para proporcionar atendimento com qualidade.

“A gestora do Detran, Mônica Melo, precisa se enquadrar na preocupação que o governo tem demonstrado e dar qualidade aos serviços prestados pela instituição. Precisa proporcionar qualidade ao sistema de trânsito. A preocupação é grande porque o Detran é um órgão importante para o Estado. Existem denúncias de que há mais estagiário do que funcionários no órgão”, disse.