Publicidade
Manaus
SAÚDE

Susam dá andamento a obras e entrega UTI e UCI neonatais da Maternidade Nazira Daou

Governo do Amazonas investe, somente em obras da saúde, em torno R$ 60 milhões. O programa abrange reformas, manutenção predial corretiva e de equipamentos, em quase todas as unidades da rede de saúde da capital. 07/04/2018 às 13:20
Show sem t tulo
FOTOS: Roberto Carlos/Secom-AM e
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) está realizando reformas na maternidade Nazira Daou, na Cidade Nova, zona norte, para melhorar as condições de atendimento na unidade. Já foram concluídas e entregues esta semana as novas instalações das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru (UCINCa), além de duas das quatro enfermarias que estão sendo reformadas.

As intervenções realizadas na unidade, conforme explica o secretário Estadual de Saúde, Francisco Deodato, que visitou a maternidade na sexta-feira (06/04), fazem parte do programa de reconstrução da saúde, por meio do qual o Governo do Amazonas está investindo, somente em obras, em torno R$ 60 milhões. O programa abrange reformas, manutenção predial corretiva e de equipamentos, em quase todas as unidades da rede de saúde da capital. Inclui, também, a conclusão de obras encontradas paradas pela atual gestão, que assumiu em outubro do ano passado.

“Assim como esta maternidade, encontramos as unidades de saúde muito deterioradas, sem condições de prestar um serviço digno e estamos recompondo a rede hospitalar. Isso tudo, sem precisar interromper o atendimento”, disse o secretário. No caso dos três espaços que estão sendo entregues na Nazira Daou, durante as obras, os atendimentos foram encaminhados para a Maternidade Ana Braga, que fica em área próxima.

Iniciadas no último dia 02 de março, a reforma da UTIN, UCINCo e UCINCa foram feitas num período de um mês. São 13 leitos, ao todo, para o atendimento aos recém-nascidos que necessitam de cuidados especiais. Os espaços passaram por uma reforma geral, para melhorias e adequações às normas do Ministério da Saúde. As reformas das enfermarias, que incluem pintura, troca de portas, correção de infiltrações, reparos nos banheiro, entre outras melhorias, também estão avançando rápido.

O diretor da Nazira Daou, José Menezes, relata que, desde 2002, quando foi inaugurada, também na gestão de Francisco Deodato, a maternidade não recebia obras de revitalização e reforma. “Após 16 anos, a unidade recebe obras de reforma”, disse ele. Ainda segundo o diretor, a maternidade chegou a sofrer duas ameaças de fechamento, em gestões passadas que pretendiam desativar a unidade – uma em 2013 e outra em 2015.

De acordo com o gerente de Enfermagem da unidade, Lindinaldo Gomes dos Santos, a UTIN, a UCINCo e a UCINCa receberam obras de infraestrutura, troca de mobiliário, substituição de pias, lâmpadas e reparos no sistema de refrigeração. “Com esta reforma, o serviço oferecido na maternidade será melhor e os profissionais terão melhores condições de trabalho também”, ressaltou.  

A UTIN tem capacidade para atender até quatro crianças. A UCINCo pode receber três e a UCINCa mais seis. A Maternidade Nazira Daou é referência em pré-natal de risco para a população das zonas Norte e Leste da capital. Também oferece programa de reprodução humana e tratamento de recém-nascidos com complicações pulmonares e cardíacas.

Publicidade
Publicidade