Publicidade
Manaus
Manaus

Susam pretende alcançar 562 mil pessoas durante campanha de vacinação contra gripe

Serão imunizados os idosos com idade a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, gestantes, indígenas e trabalhadores da área de saúde 21/03/2013 às 10:29
Show 1
Além das gestantes, as parturientes, até 45 dias após o parto, terão prioridade
acritica.com ---

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) já iniciou os preparativos para a Campanha de Vacinação contra a Influenza (Gripe), que acontecerá de 15 a 26 de abril. Como na campanha do ano passado, a vacinação alcançará seis grupos populacionais prioritários, definidos pelo Ministério da Saúde, e pretende alcançar mais de 562 mil pessoas.

Serão imunizados os idosos com idade a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, gestantes, indígenas e trabalhadores da saúde que atuam no atendimento e monitoramento de casos da doença. “A novidade deste ano é a inclusão de mais dois grupos prioritários: as puérperas (parturientes) até 45 dias após o parto, e as pessoas com doenças crônicas”, destacou o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim.

A estimativa é de que, em todo o Estado, esses seis grupos prioritários representem um quantitativo de 703,6 mil pessoas. A meta da campanha é imunizar pelos menos 80% dessa população-alvo.

Vinculada à Susam, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) coordena a operacionalização da campanha em todo o Estado. A FVS espera receber os lotes com as doses de vacina para a campanha até a primeira semana de abril, quando iniciará a distribuição do insumo para as secretarias municipais de saúde da capital e do interior do Estado. “Cada município define e executa sua estratégia de campanha, visando cumprir as metas de cobertura vacinal dos grupos definidos como público-alvo”, disse o diretor presidente da FVS, Bernardino Albuquerque.

Os municípios recebem recurso do Ministério da Saúde para auxiliar na execução das campanhas de vacinação.

No dia 8 de abril, a Susam deve realizar uma videoconferência, a partir de Manaus, para permitir que os gerentes municipais de Imunização tirem as dúvidas com a equipe da gerência estadual, sobre as metas de campanha e demais recomendações técnicas do Ministério da Saúde. 

A gerente do Programa de Imunização do Estado, Izabel Nogueira do Nascimento, destaca que para se vacinar, os doentes crônicos (diabetes, hipertensão, doença renal, asma, entre outras) deverão apresentar prescrição médica. Pacientes já cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS devem procurar se vacinar no posto de saúde onde já fazem o acompanhamento da doença.