Publicidade
Manaus
Manaus

Suspeita de matar padeiro enquanto mantinha relação sexual com ele é presa em flagrante

Cristiane Vilaça da Silva, conhecida como "Casqueta", 19, confessou o crime e foi autuada por homicídio qualificado. Ela séra encaminhada à Cadeia Pública 22/01/2016 às 13:23
Show 1
Segundo a PC, a suspeita foi presa em via pública ainda nas proximidades do local do crime
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Cristiane Vilaça da Silva, conhecida como "Casqueta", 19, foi presa em flagrante na tarde de quinta-feira (21) após matar com três facadas o padeiro Joabe de Souza Moreira, 23.

O crime ocorreu no início da manhã de quinta-feira na quitinete onde a vítima morava, na rua C, loteamento Campos Sales, bairro Tarumã, Zona Oeste. O padeiro foi encontrado despido deitado no chão da casa.

Casqueta relatou que não conhecia a vitima, mas que foi convidada por ela e mais outro homem para fazer um programa em um motel nas proximidades. Antes, eles estavam em um bar consumindo bebida alcoólica.


Depois do motel, Joabe a convidou para ir a sua casa para continuar a relação sexual, alegando que iria pagar R$ 50 reais pelo programa. Ela relatou que Joabe não pagou e que ainda não havia deixado ela sair da casa.

O delegado Ivo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), informou que Cristiane estava sentada em cima da vítima mantendo relação sexual quando desferiu três facadas nela. "A primeira atingiu o coração dele, que foi fatal e ocasionou a perda de muito sangue", disse.

Em seguida, Casqueta tomou banho, vestiu as roupas da vítima e fugiu pegando um mototaxista. Segundo Martins, a suspeita foi presa em via pública ainda nas proximidades do local do crime. "Recebemos algumas informações no local e fizemos as diligências até pegá-la ali perto mesmo", explicou. Cristiane confessou o crime e foi autuada por homicídio qualificado. Ela será encaminhada ainda nesta sexta-feira (22) para a cadeia pública.