Publicidade
Manaus
Manaus

Suspeito de matar e ensacar engenheiro da Petrobras é apresentado pela Polícia Civil

Francivaldo da Silva Lima, 28, vulgo "Caio", foi apresentado na Delegacia Geral de Polícia Civil. Ele é suspeito de matar o engenheiro da Petrobras Ken Wheeler da Silva Araújo, de 47 anos, encontrado morto em um matagal dentro de um saco 20/12/2012 às 19:52
Show 1
As investigações da Polícia Civil do Amazonas apontam que Francivaldo da Silva Lima matou o engenheiro Ken Wheeler da Silva Araújo porque "precisava de dinheiro"
acritica.com Manaus

A Polícia Civil do Amazonas apresentou na tarde desta quinta-feira (20) Francivaldo da Silva Lima, 28, conhecido como "Caio". Ele é suspeito de sequestrar e assassinar o engenheiro da Petrobras Ken Wheeler da Silva Araújo, de 47 anos.

O engenheiro Ken Wheeler desapareceu no dia 28 de novembro depois que saiu de uma academia onde tratava sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC). Após investigações, a polícia encontrou, no último dia (15), o corpo do engenheiro em um matagal localizado na rua Bambuzinho, próximo à Escola Municipal João Paulo II, no bairro Puraquequara, Zona Leste de Manaus.

A confirmação de que o corpo era mesmo o Ken veio após a realização de dois exames feitos pelo Instituto Médico Legal (IML), conhecidos como odontograma legal e laudo antropológico. Ele foi encontrado em estágio avançado de putrefação, dentro de um saco. Natural de Belo Horizonte, Ken trabalhava como engenheiro há 20 anos na Petrobras.

Crime

As investigações da Polícia Civil do Amazonas apontam que Francivaldo da Silva Lima matou o engenheiro Ken Wheeler da Silva Araújo porque "precisava de dinheiro". Após o assassinato, ele negociou a venda do veículo do engenheiro - um Honda Fit, de cor Preta e placas NOL 7036. Três pessoas também foram presas e indiciadas por receptação e formação de quadrilha.