Publicidade
Manaus
Manaus

Suspeitos de tentar matar secretário municipal são apresentados em Manaus

Em depoimento a dupla contou que não tinha intenção de matar José Assunção, porém eles disseram que o secretário reagiu ao assalto. O delegado informou ainda que um deles é especializado em fazer roubos de carros na área do Dom Pedro 12/03/2012 às 13:51
Show 1
André Felipe Pedro Barros, 22, e Thiago de Souza Tavares, 18, foram presos após o cumprimento de mandado de prisão preventiva, por volta de 18h de sexta (9) no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus
Evelyn Souza e Thiago Monteiro Manaus

A dupla suspeita de roubar e tentar matar o secretário municipal da administração, José Antônio Assunção, foi presa na última sexta-feira (9) e apresentada na manhã desta segunda (12) na Delegacia Especializada em Roubos, Furtos de Veículos (DERFV).

André Felipe Pedro Barros, 22, e Thiago de Souza Tavares, 18, foram presos após o cumprimento de mandado de prisão preventiva, por volta de 18h de sexta (9) no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com o delegado titular da Derfv, Orlando Amaral, a investigação iniciou após a polícia localizar o carro do secretário (uma pick-up frontier, placas JXO 3951) com um homem identificado apenas como “Bola”, que está foragido.

O delegado informou ainda que André Felipe é especializado em fazer roubos de carros na área do Dom Pedro. Com ele foi encontrada a arma usada no dia do assalto.

Em depoimento a dupla contou que não tinha intenção de matar José Assunção, porém eles disseram que o secretário reagiu ao assalto.

André responde por dois homicídios e Thiago era foragido do Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa.

A dupla foi indiciada por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Tratamento
O secretário municipal de Administração da Prefeitura Municipal de Manaus, José Assunção deixou o Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, localizado no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus (AM), nesta última quinta-feira, 08, e encontra-se no internado no Hospital Oswaldo Cruz, em Bela Vista, em São Paulo (SP). Ele está acompanhado de sua esposa, e do seu filho.

O assalto
No último dia 28 de fevereiro, a dupla abordou o secretário durante tentativa de assalto, quando ele saía de um encontro com amigos, em um restaurante do Conjunto Residencial D. Pedro, onde também mora.