Publicidade
Manaus
PODER PÚBLICO

TCE-AM define os relatores das contas de 2018 das gestões de Artur e Amazonino

O anúncio antecipado acontece para que os relatores possam acompanhar, ao longo de 2018, toda a execução orçamentária das duas administrações 23/01/2018 às 16:39
Show netomendes
Foto: Arquivo/AC
acritica.com* Manaus (AM)

O pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) definiu, nesta terça-feira (23), na 1ª sessão deste ano, os conselheiros que irão relatar as contas do 1º ano de gestão do governador Amazonino Mendes e do 2º ano de administração do prefeito Arthur Neto, ambas de 2018, que serão entregues ao TCE até 31 de março de 2019. Os conselheiros Josué Filho e Ari Moutinho Júnior relatarão as contas do governo do Estado e da Prefeitura de Manaus, respectivamente.

Anunciadas pela conselheira-presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, as relatorias foram definidas pelo critério de rodízio entre os membros do colegiado. O anúncio antecipado acontece para que os relatores possam acompanhar, ao longo de 2018, toda a execução orçamentária das duas administrações. O procurador-geral Carlos Alberto Almeida atuará como parecerista nas duas prestações.

Na mesma sessão, por sorteio, foi definido que o conselheiro Josué Filho presidirá a Primeira Câmara do TCE e o conselheiro Júlio Pinheiro a Segunda. Vão compor a Primeira Câmara os conselheiros Érico Desterro e Ari Moutinho Júnior e o auditor Mário Filho. Integram a Segunda os conselheiros Júlio Cabral e Mario de Mello e o auditor Alípio Reis Firmo Filho. O auditor Luiz Henrique Mendes vai atuar nos processos que tramitam na Corregedoria e Ouvidoria.

*Com informações da assessoria de imprensa.

Publicidade
Publicidade