Publicidade
Manaus
Manaus

TCE aprova comissão responsável por viabilizar concurso público do órgão

A expectativa do presidente do TCE/AM, conselheiro Érico Desterro, é que o concurso aconteça em abril deste ano. O salário inicial é de R$ 5,5 mil 11/01/2013 às 09:40
Show 1
Tribunal de Contas do Amazonas
acritica.com Manaus

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) aprovou, durante sessão desta quinta-feira (10/01), a criação de uma comissão especial para trabalhar no novo concurso do órgão que oferecerá 20 vagas para bacharéis em direito no Ministério Público de Contas (MPC). O certame será coordenado pelo conselheiro Lúcio Albuquerque e o procurador-geral de Contas, Carlos Alberto Almeida.

A previsão é que as provas aconteçam em abril deste ano. O salário inicial será de R$ 5,5 mil, mais vale alimentação no valor de R$ 1,2 mil e, em alguns casos, cujos funcionários trabalharão em regime de produtividade, o salário terá um acréscimo que poderá chegar a R$ 2,5 mil.

As informações são do presidente da Corte, conselheiro Érico Desterro. De acordo com ele, o Projeto de Lei para a realização do concurso foi aprovado em dezembro de 2012 pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e aguarda a sanção do governado do Amazonas, Omar Aziz.

 “Hoje, pedi autorização ao tribunal pleno para começar o processo de contratação de uma empresa para a realização do concurso”. Serão vagas para analistas de controle externo, os quais atuarão nos gabinetes dos procuradores de contas, mas junto ao TCE.

Os aprovados trabalharão apenas um horário (de 7h às 13h). No caso do regime de produtividade, serão duas horas a mais com acréscimo da gratificação, que é variável – entre R$ 1,5 mil a R$ 2,5 mil.